Os cinco comportamentos dos pais que os filhos levam dentro de si por toda a vida - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Os cinco comportamentos dos pais que…
A paciência é uma característica peculiar das pessoas mentalmente fortes Você também é responsável pelo modo com que os outros te tratam

Os cinco comportamentos dos pais que os filhos levam dentro de si por toda a vida

18.043
Advertisement

Ser genitor é uma tarefa difícil. Todos os pais gostariam de ter filhos maravilhosos: crianças educadas e gentis, pessoas responsáveis ​​e úteis para a sociedade quando adultos. Mas os pais muitas vezes se concentram mais em planejar o amanhã de seus filhos, do que em semear a base correta no presente. Acontece com frequência que os pais pensem que, quando seus filhos são pequenos, eles só têm que obedecer e que criar um filho é limitado a isso.

Essa atitude gera inevitavelmente a presença cada vez maior de crianças transgressoras e adultos infelizes. A infância é o momento mais importante da nossa vida, pois nesse período construímos as bases do que seremos como adultos e, nesse período de tempo, alguns comportamentos dos pais deixam uma marca indelével, que pode ser positiva ou, às vezes, negativa.

Existem comportamentos que as crianças não esquecerão facilmente: analisamos alguns deles.

1. As crianças nunca esquecem as surras. É normal que na relação entre pais e filhos haja discussões, conflitos, mas o que faz a diferença é o modo como essas dificuldades são enfrentadas. Muitos pais, infelizmente, consideram, cometendo um erro, que as surras são uma ferramenta útil para educar seus filhos. As surras, ao contrário, se transformarão na semente de sua falta de autoestima e em fonte de rancor.

2. As crianças nunca esquecem a maneira como os pais se tratam. A relação que existe entre os pais é a base a partir da qual a criança vai se relacionar como casal no futuro. É muito provável que, como adulto, repita com seu parceiro o que, quando criança, ele viu em casa com seus pais.

3. As crianças nunca esquecem os momentos em que se sentiram protegidas. Os medos das crianças são maiores e mais insidiosos do que os dos adultos, também porque não são capazes de distinguir bem a linha que separa a realidade da imaginação. Os pais são as pessoas em quem mais confiam e, neles, buscam esse sentimento de segurança que os ajuda a aprender e a explorar o que não sabem.

4. As crianças nunca esquecem a falta de atenção. Para uma criança, o amor que sentem por seus pais está profundamente relacionado à atenção que recebem deles. As crianças não pensarão que são amadas pelos pais se não eles não compartilharem com elas o tempo necessário para conhecê-las e saber o que está acontecendo em seu mundo.

5. As crianças nunca esquecem o valor que os pais dão à família. As crianças nunca esquecerão se seu pai ou mãe foi capaz de priorizar sua família. Se os pais dão prioridade absoluta à família, os filhos aprenderão o valor da lealdade e do afeto.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado