Os segundos filhos são mais rebeldes e irrequietos, mas têm também outras qualidades que fazem deles especiais - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Os segundos filhos são mais rebeldes…
A verdade se mantém em pé sozinha, a mentira deve ter cúmplices Entenda por que o contato físico é tão importante para as crianças

Os segundos filhos são mais rebeldes e irrequietos, mas têm também outras qualidades que fazem deles especiais

1.719
Advertisement

Muitas mães com dois filhos percebem depois de um tempo que o segundo filho se torna mais rebelde e indisciplinado do que o primeiro. Isso não é uma impressão, mas um fato, já que o segundo filho tem uma maior propensão a quebrar as regras e desenvolver uma natureza mais difícil. Os motivos são a emulação do irmão mais velho e a maior demanda por atenção, tendo que compartilhar tempo e afeto com outro filho.

Pequenas e grandes demonstrações de independência que os primogênitos alcançaram com dificuldade tornam-se gestos a serem executados e replicados, queimando assim alguns estágios e, na maior parte das vezes, desobedecendo. Os segundos filhos não tiveram a vantagem de receber tantos abraços só para eles, então, eles tendem a fazer mais birras para reivindicar o que seu irmão mais velho tem, é claro.

Os segundos têm mais propensão à exploração, são mais curiosos e, infelizmente, também muito menos cautelosos. Devemos sempre ficar de olho neles, é fácil que se metam em encrencas, mas eles estão cientes de que além dos pais há também outro "companheiro de brincadeiras" que cuida deles.

Felizmente, eles não trazem só dores, mas também alegrias: na verdade, essas crianças têm muitas qualidades que as tornam realmente especiais. Ter que compartilhar os pais com os irmãos torna os segundos filhos mais fortes, mais pacientes e mais sociáveis. Por natureza, eles também são excelentes "diplomatas", eles têm a capacidade de resolver conflitos e confrontos. Desse ponto de vista, as mesmas razões que os tornaram rancorosos quando crianças os tornarão mais maduros e com uma capacidade inata de mediação quando adultos.

Aqueles que vieram ao mundo em segundo lugar aprendem a aceitar as coisas como são, tornando-se mais flexíveis. Sabem que nem tudo é para si mesmo, que devem dividir ou levar em consideração também o que os outros pensam, isso é típico de um segundo filho.

Mesmo que o segundo filho aprenda tudo isso cedo, um pai deve sempre fazer todo o possível para não fazê-lo carecer de amor e atenção. Ele também tem direito a algo completamente próprio, seja tempo, hábitos ou pequenos gestos que só ele sabe reconhecer.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado