Água húngara: a antiga receita à base de alecrim que era usada para nutrir a pele e reduzir as manchas - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Água húngara: a antiga receita à…
Veja o que acontece com o nosso corpo quando dormimos com o ventilador ligado O cachorro da família é agressivo com a babysitter: graças a ele os pais descobrem uma terrível verdade

Água húngara: a antiga receita à base de alecrim que era usada para nutrir a pele e reduzir as manchas

51.319
Advertisement

O alecrim é uma planta aromática particularmente apreciada na cozinha mediterrânica, capaz de dar aos alimentos um sabor inconfundível e profundo. O que muitas pessoas não sabem, no entanto, é que esta planta foi usada nos tempos antigos para produzir uma receita medieval.

O destilado obtido, conhecido como "água húngara", é considerado por muitos como o primeiro perfume à base de álcool da história e teve muitos efeitos benéficos. Diz-se que os nobres o utilizavam para aliviar dores de cabeça ou dores reumáticas, mas também para rejuvenescer a pele. Graças à presença em de ácido ursólico nas suas folhas, amplamente utilizado em cosméticos, este composto seria excelente para manter a pele macia e reduzir as manchas da idade.

Obs.: a receita que apresentamos abaixo não deve ser aplicada em pedaços de pele delicada e deve ser usada em diluição com bastante água.

A água húngara é pouco comercializada, mas você pode facilmente prepará-la em casa. Os ingredientes são:

  • 40 gramas de alecrim fresco (apenas folhas, sem ramos) ou secos 20 gramas;
  • álcool puro;
  • uma garrafa de vidro ou uma jarra.

Primeiro limpe bem o recipiente; se tiver sido usado recentemente, use água fervente e vinagre. Em seguida, insira o alecrim dentro. Adicione cerca de 100 ml de álcool, tendo o cuidado de cobrir a maior parte das folhas com o líquido. Feche o recipiente, agite-o um pouco e coloque-o em um local fresco e escuro por cerca de um mês, lembrando-se de sacudí-lo de vez em quando.

Obviamente, uma vez que é puro álcool, você deve mantê-lo longe das crianças e acima de tudo lembrar que é inflamável.

Advertisement

Após o tempo indicado, o destilado está pronto. Agora você tem que diluí-lo com bastante água (400 ml) e mantê-lo como um tônico para rejuvenescer a pele (antes de aplicá-lo, experimente-o em uma pequena porção das costas da mão para ter certeza de que você o tolera). Dada a sua composição, recomendamos que você não o ingira em nenhuma circunstância.

Muitas pessoas preferem usá-lo sob a forma de um creme, pois é muito mais delicada. Para fazer o creme, coloque o destilado e vaselina em partes iguais (por exemplo, 10 ml cada) em um frasco, em seguida, coloque o frasco em uma panela com água. Aqueça em banho-maria até ferver e misture para evaporar o álcool da mistura. Então deixe esfriar e coloque a mistura em um recipiente de creme. Aplique-o ocasionalmente na pele, sempre procedendo com moderação.

O ácido ursólico contido nas folhas irá rejuvenescer a pele do corpo e deixá-la mais suave e mais forte... experimente! 

Tags: Bem-estarSaúde
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado