Eles querem sacrificar o cachorro idoso porque estão cansados ​​de cuidar dele: o veterinário se recusa e o leva para um abrigo - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Eles querem sacrificar o cachorro idoso…
14 fotos de animais tão fofos que fazem voltar imediatamente o nosso bom humor O cliente idoso de um restaurante entrega US$ 50.000 e um carro para sua garçonete favorita

Eles querem sacrificar o cachorro idoso porque estão cansados ​​de cuidar dele: o veterinário se recusa e o leva para um abrigo

Por Roberta Freitas
846
Advertisement

A expressão "o cachorro é o melhor amigo do homem" infelizmente nem sempre se aplica em ambas as direções. O episódio de hoje fala sobre isso. Muitas vezes, de fato, o carinho incondicional de amigos de quatro patas não é recompensado com a mesma gratidão. Pode acontecer que um animal que se dedique totalmente ao seu dono seja simplesmente jogado fora como um objeto usado ou quebrado. Felizmente, existem aqueles que sabem conhecer seu valor e salvam esses tesouros inestimáveis.

image: Old Dog Home

Em Atlanta, Estados Unidos, uma família procurou um veterinário para sacrificar seu cachorro. Essa decisão extrema geralmente está associada a episódios repetidos de agressividade e a perigosidade verificada do animal. Dessa vez, porém, os proprietários simplesmente estavam "cansados" de cuidar do bichinho e queriam se livrar dele.

No entanto, o médico em questão optou por não atender à solicitação e tentar de outra maneira. Após alguns telefonemas, ele contatou Melissa, gerente do centro Old Dog Home. A instalação está localizada em Conyers, na Geórgia, e é um abrigo para cães com mais de 7 anos de idade.

É uma espécie de associação da terceira idade para animais desabrigados ou abandonados. Aqui, os espécimes permanecem o tempo necessário para encontrar um novo lar e viver pacificamente a segunda fase da vida.

image: Old Dog Home

O centro já estava cheio. Mas quando Melissa ouviu essa história comovente, ficou tão emocionada que conseguiu receber esse outro convidado de qualquer maneira.

A cadela, mais tarde chamada de Holly, tinha entre 10 e 12 anos de idade. Sua condição era bastante boa, porém ela parecia muito confusa e provavelmente tinha uma infecção leve. Isso teria explicado seu comportamento um tanto estranho. Melissa a levou com ela, deu os cuidados necessários e encheu a cachorrinha de mimos. Demorou um pouco, mas no final, Holly se sentiu calma e segura. Quando ela estiver completamente curada, poderá ser adotada e, desta vez, por alguém que a amará para sempre!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado