Distantes durante a vida, unidos no repouso eterno: a comovente lenda dos amantes de Teruel - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Distantes durante a vida, unidos no…
Estas fotos raras do 11 de setembro vão fazer você reviver aquele dia por outro ponto de vista Ela tem 90 anos e ainda faz 4 operações por dia: é a cirurgiã mais velha do mundo!

Distantes durante a vida, unidos no repouso eterno: a comovente lenda dos amantes de Teruel

3.575
Advertisement

Teruel é uma cidade no centro-leste da Espanha famosa por uma história de amor impressa na pedra e difundida em toda a Europa. A lenda conta que no começo do século XIII o destino de Isabel de Segura encontrou aquele de Juan Diego de Marcilla. Ela era a única filha de uma nobre família, ele um comum e respeitável cidadão: quando os seus olhares se encontraram, eles se apaixonaram. Mas, como diz a tradição, a união dos dois era impossível para a família da moça. O que aconteceu depois continua a ser contado graças a um mausoléu dedicado aos jovens. 

A lenda de Isabel e Juan, os amantes de Teruel

Juan Diego se declarou para Isabel, mas sabendo que a família dela não aceitaria a relação dos dois facilmente, o jovem propôs a ela de esperar cinco anos, durante os quais ele teria trabalhado duramente e ganhado direito suficiente para que pudesse pedir sua mão em casamento.

Isabel prometeu que iria esperá-lo mas, depois de cinco anos, e sem ter notícias dele há tempo, ela não tinha mais certeza que ele voltaria. 

Um final trágico

O jovem Juan Diego manteve a sua promessa, mas quando chegou em Teruel soube que Isabel tinha se casado com outro homem. A dor daquela descoberta foi enorme, mas ele pediu para ver Isabel e pediu que ela desse um beijo nele pois pensava que estava morrendo. Isabel negou o beijo duas vezes: se a vontade de Deus não tinha abençoado aquela união, ela não podia beijá-lo. Depois daquelas palavras ele caiu e nunca mais se levantou.

Aflita com a dor e cheia de remorso, no dia do funeral Isabel foi para a igreja e decidiu de dar um beijo nele: quando suas bocas se tocaram, ela morreu sobre ele. O marido dela, que sabia do que tinha acontecido, deixou que os seus corpos fossem enterrados juntos. E foi assim que...

Advertisement

Encontraram as múmias enterradas e construíram o mausoléu

image: Jorge Gay

Em 1555, embaixo da capela de Cosme e Damião de Teruel, foram descobertos os restos de duas múmias e perto delas estava toda a história. Exatamente 400 anos depois o escultor Juan de Ávalos começou a trabalhar nas obras que até hoje guardam os corpos encontrados.

A igreja de São Pedro na qual hoje fica o mausoléu também é a sede de um mural feito pelo artista Jorge Gay em 2004 chamado "El amor nuevo" (foto). 

Tags: EspanhaHistóriasAmor
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado