A trágica experiência de um pai que perdeu o filho porque adormeceu segurando-o nos braços - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
A trágica experiência de um pai que…
Adotar um gato pode ajudar a combater a depressão e a melhorar os batimentos e a frequência cardíaca Não jogue fora as sementes de abóbora! Veja 4 modos nos quais elas podem fazer bem para a saúde!

A trágica experiência de um pai que perdeu o filho porque adormeceu segurando-o nos braços

Por Roberta Freitas
15.785
Advertisement

Mesmo que a gente prefira compartilhar histórias positivas que contam momentos de alegria, às vezes queremos documentar experiências desagradáveis ​​para avisar o maior número de pessoas possível e evitar que elas se repitam. 

Em particular, queremos contar a história de Haley e Carmine, um jovem casal da Carolina do Norte (EUA) e de seu pequeno filho Lucas. Este último tinha apenas dois meses de vida, quando o destino decidiu intervir em uma tranquila cena de vida familiar, transformando-a em uma tarde infernal, daquelas impossíveis de esquecer. 

image: Pexels

No dia 26 de novembro, quando se aproximava o primeiro Natal do pequeno Lucas, o casal decidiu tirar um dia de folga dos compromissos e decorar a casa. De manhã, os dois trabalharam incansavelmente para tornar a casa o mais festiva e confortável possível. Exaustos pela manhã, eles então foram para o sofá descansar. Enquanto Haley dormiu imediatamente, Carmine continuou a brincar com o pequeno Lucas por um tempo, mas também adormeceu docemente, com o recém-nascido no peito.

Enquanto o casal dormia, aconteceu o irreparável: o recém-nascido, com os leves movimentos do corpo de seu pai, entrou no espaço que separava o braço do homem com o encosto do sofá. Seu corpinho, fraco demais para se contorcer, foi cada vez mais fundo, e Lucas não conseguia mais respirar.

Ao acordar, a mulher, não vendo o bebê, achou que Carmine o havia colocado de volta no berço. Quando ela se levantou para ir checar e não encontrou nenhum sinal dele, percebeu que algo estava errado: depois de acordar Carmine, levou alguns segundos para encontrar o pequeno Lucas sem vida, preso no meio do sofá. Os pais desesperados tentaram reanimá-lo, mas nem eles nem a equipe médica podiam fazer nada: Lucas os abandonara e nunca mais voltaria.

Apesar da dor atroz, meses depois, o jovem casal quis falar publicamente sobre o que aconteceu, para evitar que outros pais vivessem essa experiência devastadora.

Certamente muitos de nós podem afirmar que dormiram centenas de vezes com o recém-nascido, sem que nada tivese acontecido, mas isso não significa que seja uma prática segura. Todas as associações pediátricas afirmam que o modo mais seguro de dormir, para uma criança menor de seis meses, é no berço, ao lado da cama dos pais.

Ter um bebê dormindo em seus braços, observando sua expressão e ouvindo sua respiração, são experiências mágicas, mas devemos sempre ter certeza de não adormecer.

Por essa razão, queremos dar um conselho a todos os pais: se você está cansado e sente que seu corpo precisa descansar, não pegue seu bebê e, especialmente, não fique com ele em uma posição que possa conciliar o sono. Pode parecer um conselho excessivo, mas ainda há muitos bebês que morrem em acidentes como esse.

Espalhem a notícia para o maior número possível de pessoas, em modo que a morte do pequeno Lucas, como a de muitos outros, não tenha sido em vão.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado