Um filhote com deficiência e uma pomba que não voa fazem amizade no refúgio onde estão - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Um filhote com deficiência e uma pomba…
Mesmo que ele te peça perdão de joelhos, um homem infiel nunca irá mudar Este cachorro quebrou a janela de casa e salvou duas mulheres da violência doméstica

Um filhote com deficiência e uma pomba que não voa fazem amizade no refúgio onde estão

Por Roberta Freitas
2.337
Advertisement

Muitas vezes, é nas situações de maior dificuldade que se estabelecem os relacionamentos mais bonitos, duradouros e - por que não - até inesperados. E isso não é válido apenas para nós, seres humanos, mas é particularmente verdade também para os animais. Os dois protagonistas da história que estamos prestes a contar, dois animais muito diferentes, mas que, unidos por uma condição de saúde semelhante, fizeram uma amizade adorável.

Estamos falando de Lundy, um filhote de Chihuaua, e Herman, um pombo. É isso mesmo: um cachorro e um pombo, que se conheceram na Mia Foundation, um centro de resgate e cuidado de animais em Rochester, Nova York.

O cachorro tem dificuldades para caminhar, enquanto o pombo não pode voar. Parecia quase óbvio, à luz de seus problemas, que os dois animais se familiarizassem e se tornassem inseparáveis. Herman é um residente permanente da Mia Foundation, justamente porque seus problemas de mobilidade não lhe permitem fugir e viver como outros pombos.

Quanto a Lundy, o objetivo de Sue Rogers, que cuida dele no refúgio, sempre foi aquele de dar ao bichinho a oportunidade de se mover com mais liberdade, talvez até com a ajuda de uma cadeira de rodas. O pequeno Chihuaua, de fato, é incapaz de se mover devido a danos congênitos na medula espinhal.

Advertisement

Desde que se conheceram, o cachorrinho e o pombo imediatamente começaram a interagir de uma maneira adorável. Não é incomum que os voluntários da Fundação os vejam em momentos de ternura quando se aconchegam, oferecendo conforto e calor um ao outro, como somente aqueles que sofrem do mesmo problema podem fazer.

Para Sue e para todas as outras pessoas altruístas e de boa vontade que lidam com animais em dificuldade, como Lundy e Herman, é certamente um incrível prazer e alegria poder ajudá-los. Com carinho e proximidade, essas pessoas estão firmemente convencidas de que mesmo esses animais infelizes podem e devem sempre ter a oportunidade de viver como merecem.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado