Elas têm 12 anos de diferença e ambas são albinas: a curiosa história de duas irmãs verdadeiramente únicas - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Elas têm 12 anos de diferença e ambas…
Uma turma de motociclistas com um coração de ouro dá mais de 200 bicicletas para crianças em dificuldade Este menino engorda por causa de uma doença rara: consegue sobreviver graças ao esporte

Elas têm 12 anos de diferença e ambas são albinas: a curiosa história de duas irmãs verdadeiramente únicas

Por Roberta Freitas
7.066
Advertisement

O albinismo é uma condição genética que afeta 1 em cada 18.000 - 20.000 pessoas; é uma condição que envolve a falta parcial ou total de pigmentação da pele, cabelos e às vezes até dos olhos. Embora os números que mencionamos possam variar muito, dependendo do local em que se nasce, ainda é pouco provável que 2 albinos nasçam na mesma família. Ainda assim, existe a exceção: Asel e Kamila Kalaganov são duas irmãs, nascidas no Cazaquistão com 12 anos de diferença, ambas com uma forma de albinismo que as torna verdadeiramente únicas.

As duas irmãs têm uma aparência tão fascinante, que não é de se surpreender que muitos fotógrafos queiram fazer ensaios com as duas. A família delas pode ser considerada uma família cazaque típica, na qual também existe o irmão de 8 anos, Aldiyar, que naturalmente não apresenta nenhuma forma de albinismo.

Mesmo Asel e Kamila, apesar de seu albinismo, têm algumas características físicas muito reconhecíveis do povo cazaque em seus rostos.

A mãe das duas lindas meninas, uma mulher de 38 anos, disse estar realmente impressionada com esse fenômeno, já que no Cazaquistão é muito raro ver crianças albinas. Tão raro que quando sua última filha, Kamila, nasceu, os membros da família começaram a suspeitar que o pai não era realmente o marido da mulher, mas um homem de pele mais clara.

Advertisement

Felizmente, foram os médicos que explicaram a situação: a mãe e o pai das meninas tinham uma composição genética que tornava extremamente provável a aparência de albinismo nos filhos.

Mesmo que seja uma condição rara, o que pode ser surpreendente, no Cazaquistão (e certamente também em outras partes do mundo), o mais surpreendente é que muitas pessoas nem sabem o que é albinismo.

Advertisement

Asel é uma garota linda que quis fazer da sua condição a sua maior sorte, se lançando no campo da moda. O fato de ter uma irmãzinha afetada pela sua mesma condição genética está de alguma forma "ajudando-a" a ganhar ainda mais fama internacional. Sua página do Instagram, também dedicada à sua irmã mais nova, alcançou 66.000 seguidores!

Advertisement

Como todas as pessoas com albinismo, Asel e Kamila devem levar uma vida de mil atenções: não devem se expor excessivamente à luz do sol e devem se borrifar constantemente com creme protetor - uma condição que faz as duas jovens irmãs preferirem o escuro e a noite, pois elas não precisam necessariamente tomar todos esses cuidados. Além disso, como quase todos os albinos, as duas irmãs têm problemas de visão.

Advertisement

Visite o perfil do Instagram para se manter atualizado sobre a história dessas duas irmãs especiais!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado