Um homem agressivo entra no metrô, empurrando todos os passageiros: uma senhora consegue acalmá-lo com um simples gesto - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Um homem agressivo entra no metrô,…
O pai vai buscar a filha no jardim de infância mas acaba pegando outra menina: 10 coisas que mudam inexoravelmente quando perdemos um dos pais

Um homem agressivo entra no metrô, empurrando todos os passageiros: uma senhora consegue acalmá-lo com um simples gesto

Por Roberta Freitas
480
Advertisement

Hoje em dia é muito fácil parar nas aparências e julgar os outros sem ter as informações completas, necessárias para entender melhor quem são. Há cada vez menos interesse pelos outros e pelas dificuldades que poderiam oprimi-los mais do que o normal. A vida não é fácil para ninguém - todos nós sofremos por uma razão ou outra, mas então por que não podemos mostrar um pouco mais de compaixão por aqueles que são mais frágeis? Um homem com uma atitude agressiva entrou no vagão de um metro e começou a "assustar" os passageiros com seus gritos e maldições. Muitos se afastaram dele, deixando-o sozinho. Todos, menos uma velhinha simpática que provavelmente fez o único gesto possível para acalmar o homem: deu a mão a ele e fez com que se sentisse menos sozinho, como uma mãe faria com seu filho.

Um dos passageiros presentes naquele momento, Ehab Taha, conseguiu capturar a cena, fotografando o homenzarrão sentado no chão e com lágrimas nos olhos, segurando a mão da velha senhora, sentada bem ao lado dele, em um dos assentos livres. O simples gesto de uma estranha de 70 anos que poderia muito bem ser sua mãe foi suficiente para acalmá-lo. Nenhum dos outros passageiros demonstrou simpatia ou preocupação genuína pela condição do homem, mas aquela doce senhora sim. Ehab Taha então quis falar com aquela senhora, perguntando o motivo daquele gesto. A resposta da mulher foi muito comovente: "Eu sou mãe e ele precisava de alguém que estivesse perto dele, mesmo que fosse com o toque de uma mão", disse ela antes de se comover.

Se todos nós mostrássemos um pouco mais de compaixão e compreensão pelos outros, talvez o mundo fosse um pouco menos cruel!

Advertisement

Deixe um comentário!

x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado