Um agricultor sem dinheiro oferece algumas verduras da sua horta para pagar um certificado: o funcionário aceita - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Um agricultor sem dinheiro oferece algumas…
15 pessoas que decidiram exibir um corte super curto sem se importar com a opinião dos outros Um menina de 5 anos esvazia o seu cofrinho para ajudar um colega de escola em dificuldades financeiras

Um agricultor sem dinheiro oferece algumas verduras da sua horta para pagar um certificado: o funcionário aceita

Por Roberta Freitas
8.703
Advertisement

Às vezes, são os gestos mais simples e genuínos que fazem a diferença, aqueles que ninguém percebe porque são aparentemente muito triviais mas que, na verdade, escondem um significado muito mais profundo. Pense em um velho senhor que durante toda a sua vida não fez nada mais senão trabalhar os frutos de sua terra, um agricultor de outros tempos, distante dos ritmos da modernidade e dos mecanismos da burocracia contemporânea. Como Amadeo Cabrera, um salvadorenho de oitenta anos, o protagonista desta emocionante história...

Amadeo acaba de fazer 80 anos e mora em Chalatenango, em El Salvador; agricultor durante toda a vida, Amadeo teve que ir aos escritórios de sua prefeitura para pedir uma cópia de sua certidão de nascimento; o homem esperou pacientemente pela sua vez e fez fila, sem pedir atenção ou tratamento especial dada a sua idade. Quando chegou a sua vez, porém, Amadeo descobriu que o procedimento burocrático de que precisava exigia pagamento.

O fato é que Amadeo na época não tinha nenhum dinheiro no bolso, por isso resolveu pagar por esse procedimento com os frutos de seu trabalho, mesmo que não fossem moedas, ou seja, com uma sacola carregada de coentros, conhecido em alguns países da América Latina como "cilantro".

Amadeo não tinha mais nada a não ser um saco cheio deste tipo de tempero que cultivava na sua terra com muito amor e muita paciência e, nesse caso, pensou em utilizar como objeto de escambo, tal como no passado, com sua alma doce de camponês de uma época que não existe mais.

Um gesto, o de Amadeo, que comoveu pela sua simplicidade e ternura, tanto que o governante municipal não pode deixar de aceitar aqueles ramos de coentro em troca do documento oficial.

Advertisement

#Viral ABUELITO HUMILDE PAGA CON RAMITOS DE CILANTRO A DEPENDENCIA DE GOBIERNO 😪😪 Este señor fue al registro civil...

Pubblicato da SOY de Tehuacan su Giovedì 28 febbraio 2019

Um post no Facebook diz: "Este homem foi ao registro civil para pegar um ato oficial. Ele é um fazendeiro e quando lhe pediram para pagar, ele não tinha dinheiro; ele tirou três ramos de coentro da sacola como forma de pagamento. O administrador municipal sorriu para ele e aceitou os ramos de coentro!"

Não existem mais pessoas como Amadeo, com certeza!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado