Uma mulher grávida é forçada a carregar suas compras sozinha por dois lances de escada: o entregador não quis ajudá-la - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Uma mulher grávida é forçada a carregar…
O filho pede a senha do Wi-Fi, mas ela usa a astúcia para fazer com que ele limpe o quarto primeiro Antes e depois da adoção: 15 animais de estimação que encontraram um novo lar e amaram seus humanos

Uma mulher grávida é forçada a carregar suas compras sozinha por dois lances de escada: o entregador não quis ajudá-la

20 Fevereiro 2021 • Por Roberta Freitas
1.285
Advertisement

Ser mãe de uma criança pequena e ao mesmo tempo viver os últimos meses de uma nova gravidez não é fácil; não é nada fácil para a mulher que está enfrentando este importante e cansativo caminho do ponto de vista físico e psicológico, e não é fácil quando se percebe que muitas pessoas permanecem indiferentes às dificuldades cotidianas da gestante. Uma afirmação que Amy Natasha Botten pode muito bem confirmar, já que a sua história circulou na web quando ela publicou imagens que enfureceram muitos usuários.

via: BBC News

Amy Natasha Botten mora em Feltham, no oeste de Londres, com seu filho mais velho e está grávida de um segundo filho; como está nos últimos meses da gravidez, a mulher não pode descer dois lances de escada e subir sozinha carregando pesos, muito menos as infinitas sacolas de compras. Por isso, ela decidiu comprar online e fazer entregar as coisas em casa, mas não imaginava que teria uma surpresa indesejável...

Uma grande compra de 200 libras havia chegado ao destino, mas Amy foi forçada a deixar seu filho chorando sozinho em casa, descer dois lances de escada e carregar todas as sacolas de compras que havia encomendado sozinha. A mulher inicialmente tentou convencer o entregador a lhe dar uma mão, porque sozinha ela nunca teria conseguido: "Você não pode me ajudar com essa última parte porque meu bebê está sozinho chorando lá em cima!"

A resposta muito hesitante do entregador foi: "Prefiro não subir".

Advertisement

A mulher ficou furiosa e mandou entregador embora dizendo: "Você não pode ser uma pessoa decente? Estou grávida. Agora você está indo embora e me deixando assim? Muito obrigada pela ajuda!"

A mulher então explicou no Facebook que a Asda, empresa que lidava com entrega em domicílio, formalmente se desculpou pelo ocorrido, enviando a Amy um buquê de flores e uma garrafa de champanhe: talvez um pedido de desculpas fraco demais para tal falta de cortesia.

Esperamos sinceramente que nenhuma mulher grávida volte a ter que suportar uma situação tão inaceitável!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado