"Mãe, eu quero!": uma criança fica desesperada porque gostaria de adotar um gatinho encontrado na rua - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
"Mãe, eu quero!": uma criança fica…
O olhar do amor: 14 fotos descrevem todo o carinho que nossos amigos de quatro patas sabem nos dar Encontra um gatinho abandonado com apenas 1 dia de idade: o adota e se torna um lindo gato branco

"Mãe, eu quero!": uma criança fica desesperada porque gostaria de adotar um gatinho encontrado na rua

08 Março 2021 • Por Roberta Freitas
1.197
Advertisement

O vínculo emocional que se estabelece entre uma criança e um amigo de quatro patas pode ser único, excitante e extraordinário; não é por acaso que se diz que para fazer companhia a filhos únicos ou que muitas vezes ficam sozinhos em casa porque a mãe e o pai estão trabalhando, a solução ideal parece ser aquela de adotar um cão ou mesmo um gatinho. Imagine ser criança de novo, cruzar com um gatinho perdido na rua, se apaixonar por ele e querer adotá-lo a todo custo, como o pequeno protagonista desta linda história que comoveu e agitou toda a rede...

As imagens dessa criança estão na web desde que foram postadas no YouTube; a criança peruana se chama Andrés e foi imortalizada quando implorou à mãe que hospedasse em casa um doce gatinho de rua; mas a julgar pelas imagens, parece que a mãe realmente não quer saber: "Deixa ele em paz Andrés, este gato é um vira-lata, mora na rua!"

Porém, a reação de Andrés às palavras da mãe não é reconfortante, tanto que ouvindo a sua resposta, ele começa a abraçar ainda mais forte o gatinho e a chorar de desespero, implorando à mãe para poder adotá-lo: "Coitadinho, eu quero levar ele para casa! Eu amo ele!"

A julgar pelas imagens do garotinho que mora no Peru e cujo vídeo se tornou viral, essas confirmam o quanto o garotinho procurava companhia em casa, ou tinha um desejo muito forte de adotar um amigo de quatro patas; não importava que o gato que ele tinha conhecido na rua fosse um vira-lata, ele queria cuidar dele. Mas, aparentemente, mamãe tinha outra opinião...

Não sabemos os motivos que levaram a mulher a dissuadir o pequeno Andrés de levar o gatinho de rua para casa, nem se no final a mãe sucumbiu ao choro desesperado do filho, mas tudo o que podemos acrescentar diante dessas imagens são estas palavras: estamos todos com você, pequeno Andrés!

Quem pelo menos uma vez na vida não se sentiu nem um pouco como esta criança peruana?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement

Não perca!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado