7 trabalhos do passado que não existem mais porque o progresso os tornou obsoletos - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
7 trabalhos do passado que não existem…
Um menino de 6 anos dá uma rosa para cada mulher da vizinhança usando suas economias: um verdadeiro cavalheiro A mãe vê as mãos do filho machucadas e se emociona: ela trabalha na oficina para ajudar a família

7 trabalhos do passado que não existem mais porque o progresso os tornou obsoletos

07 Abril 2021 • Por Roberta Freitas
1.035
Advertisement

O mundo do trabalho sempre esteve em constante evolução e, como em outras áreas, foi atingido pelo progresso tecnológico e científico ao longo dos anos. Um progresso que acabou com alguns dos empregos mais populares e bizarros dos séculos anteriores, deixando vestígios apenas nas velhas fotos em preto e branco que permanecem para testemunhar uma época que não existe mais. Por outro lado, é provável que mesmo os empregos de que tanto gostamos hoje, desenvolvidos sobretudo com as novas tecnologias, se percam nos próximos anos. Se hoje é difícil poder entrar no mundo do trabalho, ontem talvez fosse ainda mais. Em todo caso, é inútil fazer comparações desse tipo: cada época está impregnada de suas dificuldades e contradições. No século passado, assim como hoje, inventamos de tudo para ganhar algum dinheiro.

Aqui está uma pequena lista de alguns dos trabalhos mais comuns do passado (e também alguns dos mais bizarros e perigosos!) que, a esta altura, "seguiram o caminho dos dinossauros na Terra"!

1. Coletores de pinos nas pistas de boliche

image: shorpy.com

Já em meados do século XIX se trabalhava no desenvolvimento de um sistema adequado que resolvesse o problema do posicionamento dos pinos e, ao mesmo tempo, da presença humana na pista de jogo. Naturalmente, com o desenvolvimento das tecnologias foi possível substituir a presença de crianças e jovens na pista de jogo por um sistema mecânico automatizado que coleta os pinos e os reposiciona. Hoje em dia existem sistemas eletrônicos que realizam esta tarefa, integrados a um indicador de pontuação.

Outra foto documenta o trabalho árduo do "posicionador de pinos"

image: Wikimedia

Essa foto é de "abril de 1910" e mostra alguns meninos desempenhando a tarefa de reposicionar os pinos na Subway Bowling Alleys, no bairro de Brooklyn, em Nova York.

Advertisement

2. O "despertador" humano

Você tem um alarme no seu celular que você programa todas as manhãs para poder sair da cama? Bem, na época essa tecnologia ainda não tinha sido inventada, mas homens e mulheres ainda tinham que acordar cedo para começar o dia e ir trabalhar. Para ajudá-los a acordar de manhã, existiam operários especiais que batiam com varas compridas nas janelas das casas. Na verdade, também podiam usar pedras, porretes ou zarabatanas, o importante era conseguir o resultado desejado, ou seja, que os trabalhadores acordassem. Felizmente, o despertador foi inventado!

Inglaterra e Irlanda, no final dos anos 20.

3. Caçador de ratos!

Um trabalho talvez não muito procurado pela maioria das pessoas que, notoriamente, se mantinham bem afastadas desse bicho pestilento. Ainda assim, caçar ratos nas grandes cidades era um verdadeiro trabalho!

Advertisement

Aqui continua a caça aos ratos...

image: Research Gate

4. O trabalho do "acendedor de lâmpadas"

image: Imgur

Antes da introdução da eletricidade, existiam pessoas encarregadas de acender os lampiões nas ruas - iluminação que acontecia, portanto, manualmente. Podiam ser lâmpadas a gás ou mesmo velas.

Advertisement

5. O leitor que entretinha os trabalhadores nas fábricas

image: Imgur

Os "leitores" muitas vezes eram contratados diretamente pelos trabalhadores, que arrecadavam o dinheiro necessário para pagar um pouco de entretenimento durante o horário de trabalho. Frequentemente, os leitores liam material para os trabalhadores sobre os direitos dos trabalhadores, sindicatos e ideias esquerdistas.

image: Twitter

Outro exemplo de trabalhadores entretidos por um leitor durante o horário de trabalho.

Advertisement

6. Os "ladrões de corpos" para universidades médicas

image: Imgur

Isso, provavelmente, nem parecerá um trabalho, mas um ultraje para aqueles que não estão mais aqui. Em vez disso, no século 19, exumadores de cadáveres eram contratados diretamente pelas universidades, especialmente para cursos de medicina, já que conseguir corpos legalmente era muito difícil.

7. Os cortadores de gelo

Hoje em dia é uma brincadeira de criança manter os alimentos frescos, cozidos ou pré-cozinhados, na geladeira e poder usá-los por vários dias, mas antes do advento da geladeira o problema era real. Como eles resolveram isso? Graças aos chamados cortadores de gelo! Eram pessoas contratadas para cortar blocos de gelo de lagos congelados e depois transportá-los para a cidade. Trabalho árduo, mas certamente lucrativo... até que inventaram a geladeira!

image: Imgur

O que dizer, em algum momento de suas vidas essas pessoas, ou seus sucessores, certamente estarão desempregados, mas infelizmente esse é o preço a pagar pelo progresso. E o que você acha? Quais outras profissões já se tornaram ou irão se tornar obsoletas?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado