Criticado por concordar em se casar com uma mulher que já estava grávida de outro homem - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Criticado por concordar em se casar…
Ela dá à luz a seu filho e depois se tranca em casa com a babá para se isolar da família Era pobre e forçado a comer só uma vez por dia: agora ele é um homem de sucesso que trabalha na NASA

Criticado por concordar em se casar com uma mulher que já estava grávida de outro homem

05 Julho 2021 • Por Roberta Freitas
2.866
Advertisement

Você tem que ser um pai biológico para ser um bom pai? Claro que não! E desta vez é Edgar Costa, um homem de 27 anos de São Paulo, que acolheu a filha da sua companheira Carol como se ela fosse sua filha, a nos demonstrar isso. Quando os dois se conheceram, Carol já estava grávida do ex, mas para Edgar, isso não era problema. O homem escreveu um post em seu perfil no Facebook, informando que ele e sua namorada estavam esperando uma menina. Para sua surpresa, no entanto, amigos e familiares, assim como outros usuários, tiveram uma reação inesperada ao saber que Edgar não era o pai biológico da criança. Após as críticas, Edgar deletou a postagem, mas demonstrou concretamente o que significa ser um pai de verdade, cuidando da pequena Lara.

via: Crescer

Tornar-se pai ou mãe pode ser assustador, imagina ser pai do filho de outra pessoa! Edgar Costa, no entanto, embora tivesse um medo natural, foi levado pelo amor que sentia por essa jovem que tinha acabado de conhecer, Caroline da Cruz Oliveira, da sua idade. Quando os dois se conheceram, a mulher estava cansada de ser magoada e sempre tratada da mesma forma pelos homens e, acima de tudo, estava cansada das relações infrutíferas que tinha tido até aquele momento. Caroline especificou que ela não foi abandonada pelo pai de sua filha, o relacionamento deles simplesmente não deu certo. Como se sabe, o amor vem quando não se espera e foi exatamente assim que Carol e Edgar se apaixonaram.

Quais foram os pensamentos de Edgar? O jovem os expressou claramente em um post: "Eu estava, sim, com medo de me envolver porque ela estava grávida de um bebê que não era meu. Eu não sabia o que isso implicaria se estivéssemos em um relacionamento. Mas aí o medo passou e quase inconscientemente eu me envolvi. A gravidez não é um empecilho. Foi tudo muito natural... Obviamente algumas pessoas próximas a mim vieram me dar conselhos. O pai biológico? Ele vai assumir as responsabilidades dele. Acabei de me apaixonar por uma grávida... É aqui que começa a nossa história. Em um mês eu a convidei para sair, com uma bela declaração que sempre sonhei fazer para a mulher que teria ao meu lado para sempre. Dois meses depois ela me surpreendeu ao me pedir em casamento. E eu não tive dúvidas: eu disse que era isso que eu também queria. As coisas aconteceram rápido demais? Quando tudo isso está nos planos de Deus, não há necessidade de esperar". Sobre ser pai, Edgar acrescentou: “Estar lá, mesmo não sendo o pai biológico, mas apenas um namorado, foi importante porque ela podia ter escolhido qualquer um da família para estar lá com ela, mas ela me escolheu! Foi um momento maravilhoso, foi uma sensação incrível. Confesso que estava nervoso e impaciente, mas aí nasceu a Lara e fiquei tão entusiasmado que quis compartilhar com meus amigos e familiares, mas não tinha ideia do impacto que teria causado essa declaração".

Advertisement

Infelizmente, além de muitos comentários positivos, Edgar também recebeu palavras negativas e frases de advertência: "A maioria foram comentários de homens. Não entendo por que tanto ódio. Eles nos insultaram. Ficamos tão chateados que decidimos apagar o depoimento". Essas pessoas não paravam de comentar, insistindo que parecia muito estranho para um homem querer se comprometer tanto com uma mulher grávida e cuidar de uma filha que não é sua.

Edgar espera que seu testemunho possa ser uma resposta às dúvidas que geralmente surgem ao lidar com um relacionamento. Ele sabe bem que quando se encontra a pessoa certa, não existem obstáculos intransponíveis e que a presença de um filho certamente não é um impedimento, pelo contrário - é uma fonte de alegria e riqueza. Você concorda com as posições deste jovem pai?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado