A enfermeira acolhe em sua casa crianças rejeitadas por suas famílias: para os pequenos, ela é como uma mãe - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
A enfermeira acolhe em sua casa crianças…
Doméstica começa a chorar ao saber que ganhou uma cobertura no condomínio onde trabalhou por 20 anos Uma empregada doméstica começa a chorar: seus patrões lhe dão a casa onde ela trabalha há anos

A enfermeira acolhe em sua casa crianças rejeitadas por suas famílias: para os pequenos, ela é como uma mãe

18 Julho 2021 • Por Roberta Freitas
663
Advertisement

A enfermagem não é uma tarefa fácil, e é ainda mais difícil lidar com essa tarefa cuidando de crianças que nascem com doenças ou enfermidades tão graves que elas têm muito pouco tempo de vida; o que fazer nesses casos particulares? Como fazem os pais dessas crianças que nascem com condições médicas tão desfavoráveis ​​que não sabem cuidar dessas pobres criaturas com vida curta? Muitos as abandonam em clínicas especializadas, enquanto outros contam com o atendimento de enfermeiras especializadas.

via: Today

Learning about core motivations with the Enneagram tool has been enlightening. Understanding a little, or even a lot...

Pubblicato da Cori Salchert su Lunedì 22 marzo 2021

Um anjo de jaleco branco chamado Cori Salchert cuida dessas crianças, algumas indesejadas e outras com patologias gravíssimas, apesar de terem a sua própria família: marido e oito filhos biológicos, mas parecem não ter bastado para essa mulher extraordinária que, ao longo dos anos, acolheu em casa muitas crianças com doenças terminais; alguns desses pequeninos com pouco tempo de vida foram abandonados voluntariamente pelos pais, outros não souberam cuidar bem de sua condição particular e tão dolorosa, e é neste momento que entra em jogo Cori Salchert.

I have the most perfect granddaughter in the world. Just sayin’ 💗

Pubblicato da Cori Salchert su Domenica 14 giugno 2020

Esta extraordinária enfermeira quer dar momentos de carinho, amor incondicional, de alegria e felicidade a todas aquelas crianças com doenças terminais que os médicos sabem que não poderão viver muito; e Cori de crianças que perdem a vida prematuramente entende muito bem. A sua irmã mais nova foi até trancada em um orfanato devido a danos cerebrais permanentes por causa de uma meningite; quando tinha apenas 11 anos, a menina saiu por um portão deixado sem vigilância pelos funcionários da instituição e se afogou acidentalmente em um lago próximo.

Advertisement

This is the face of one relieved mother. Lil Bug is needing morphine for pain control and 5 liters of oxygen but he’s able to smile. So fantastic 💙💙💙

Pubblicato da Cori Salchert su Venerdì 2 luglio 2021

E assim, ao invés de deixá-los aos cuidados médicos de algum hospital que certamente não prolongaria suas vidas, Cori decidiu que iria hospedar crianças com doenças terminais em sua casa, dando a elas o calor e o carinho que só uma família pode oferecer. E que esses pequeninos merecem viver mesmo no pouco tempo que a medicina reservou para eles. Uma escolha que toda a família Cori acolheu com entusiasmo, sabendo perfeitamente que era a decisão certa a ser tomada em relação a essas crianças com necessidades muito especiais.

Onde a família natural não estava presente, chega a mão estendida de Cori, um verdadeiro anjo de jaleco que, na privacidade de sua casa, não hesitou em dar momentos de absoluto cuidado e amor que só uma mãe como ela poderia dar: muito bem!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado