Ela engravida aos 62 anos, apesar da menopausa e de um marido estéril: "Foi uma bênção" - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Ela engravida aos 62 anos, apesar da…
A fotógrafa apaga as fotos tiradas da noiva e do noivo diante de seus olhos: um casamento difícil de esquecer A magia da maquiagem: 15 pessoas que optaram por mudar totalmente sua aparência com a ajuda da maquiagem

Ela engravida aos 62 anos, apesar da menopausa e de um marido estéril: "Foi uma bênção"

27 Setembro 2021 • Por Roberta Freitas
4.392
Advertisement

Há casais que pagariam ouro para ter filhos e que, por alguma razão médica, não podem conceber, enquanto há muitos outros que nem parecem ter se esforçado muito para constituir uma família. E então, há casos muito raros como o de Jenny, uma mulher de 62 anos, e seu marido que, apesar de sua idade avançada e condições improváveis, "milagrosamente" concebeu seu terceiro filho. O que desperta curiosidade é o fato de Jenny ter tido a sua última menstruação 16 anos antes, e depois ter entrado em menopausa. Ao mesmo tempo, seu marido, um homem de 72 anos, tinha optado por uma vasectomia. Sabendo de tudo isso, a terceira gravidez de Jenny foi um verdadeiro milagre.

via: The Sun

Imagine a surpresa de se descobrir grávida aos 62 anos, apesar da menopausa, e de um marido de 72 anos que havia se submetido a um procedimento cirúrgico de esterilização. As chances de engravidar eram muito baixas para Jenny, conhecida nas redes sociais como "the good wifey". A mulher resolveu responder a perguntas de outras mães na rede e afirma que, embora as pessoas muitas vezes se expressem com frases como "talvez você seja muito velha para ter um filho", seu marido receba muito mais apreço e encorajamento por ter sido capaz de conceber uma criança aos setenta anos.

Jenny foi, portanto, criticada por algumas pessoas por ter escolhido continuar a gravidez apesar de sua idade avançada, enquanto muitas outras ofereceram seu apoio. "Não há nada de errado em ser uma mãe mais velha. Estou tão feliz por você", se lê nos comentários; e ainda: "tive meus filhos aos 24, 26, 28, 30, 37, 40, 43 e 48. Bênçãos em todas as idades". Outra mãe compartilhou seu pensamento: "Estou grávida de gêmeos e tenho 42 anos. Tive meu quinto filho aos 40. Meu corpo diz o que pode fazer. Não presto atenção em mais nada".

Advertisement

É claro que o problema de ser pais "idosos" surge à medida que os filhos crescem e percebemos que não somos mais capazes de segurá-los em nossos braços ou de compartilhar certas atividades mais "juvenis" com eles. Mas o que com certeza nunca mudará é o amor com que os pais cuidarão dos seus filhos.

Só podemos desejar tudo de bom para esta família!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado