Mulher vegana acusa o supermercado de enganá-la: teriam feito com que ela comesse carne "sem saber" - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Mulher vegana acusa o supermercado de…
Uma garota decide salvar 27 filhotes em uma corrida contra o tempo: ela pediu uma carona ao amigo piloto Nos tempos de universidade os separaram por causa da cor da pele: hoje eles se reencontraram depois de 42 anos e estão juntos novamente

Mulher vegana acusa o supermercado de enganá-la: teriam feito com que ela comesse carne "sem saber"

19 Outubro 2021 • Por Roberta Freitas
2.321
Advertisement

Uma das lutas mais ferozes da sociedade contemporânea que todos vivemos é aquela ligada ao consumo ou não de carne; é uma prática ética que respeita a vida dos animais e o meio ambiente ou não? Não existe uma resposta clara para essa pergunta, apenas luzes e sombras, vantagens e desvantagens que têm levado, ao longo do tempo, a dividir cada vez mais os indivíduos de acordo com suas escolhas alimentares e de consumo: carnívoros, vegetarianos ou mesmo veganos. E a mulher que é protagonista dessa história absurda de denúncia contra uma rede de supermercados que parece tê-la "enganado", é vegana...

via: Mirror UK

O nome dela é Heidi Marshman, ela mora na Austrália e é cliente regular da rede de supermercados local Coles, um verdadeiro gigante no varejo de todos os tipos de produtos, principalmente alimentos. Heidi, que é uma vegana convicta, postou uma acusação contra o Coles no Twitter por um motivo bastante incrível: a mulher, com uma fotografia postada com a legenda, alegou que o supermercado "engana" os veganos para que consumam alimentos que contenham carne, colocando pacotes de frango entre dois alimentos veganos. Heidi explica que, neste caso, ela se confundiu e comeu frango sem querer por esse motivo: "Caro Coles, era realmente sua intenção colocar produtos não veganos na prateleira entre 2 produtos veganos? Me induzindo a comprar e comer frango, quando nós estamos todos tentamos tanto salvar o planeta. Você não se importa nem um pouco?"

A australiana continuou: “Os produtos dedicados a quem quer proteger o mundo, ou seja, os veganos, deveriam estar num departamento especial para que não se confundissem com outros, não acham? Aqui parece completamente evidente para mim que vocês querem tentar fazer com que aqueles que estão falando sério sobre não consumir carne de jeito nenhum, a consumem!"

Obviamente, a resposta oficial da rede de supermercados Coles não demorou muito para chegar, explicando a Heidi Marshman que muitas vezes os muitos pontos de venda que eles espalharam pelo país são pequenos e não podem se dar ao luxo de diferenciar produtos alimentícios de todos os tipos nas prateleiras; muitas vezes, portanto, cabe ao cliente simplesmente saber como interceptar a natureza, vegana ou não, do alimento que deseja comprar, lendo atentamente o que está escrito na embalagem antes de reclamar ao supermercado em questão por ter "enganado" o cliente fazendo com que comesse carne.

Obviamente, o post publicado no Twitter pela australiana levantou um rebuliço de grandes proporções. A acusação de Heidi é essencialmente correta e, portanto, a rede de supermercados deveria dar mais atenção aos seus clientes, ou ela foi muito... extremista?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado