10 características que se desenvolvem após uma experiência traumática - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
10 características que se desenvolvem…
As crianças herdam inteligência principalmente da mãe, dizem os cientistas 12 razões pelas quais as tias são essenciais e que devem ser valorizadas pelos seus sobrinhos

10 características que se desenvolvem após uma experiência traumática

2.472
Advertisement

A vida não reserva - infelizmente - apenas momentos de alegria e serenidade; de fato, às vezes parece que os problemas se acumulam ou atraímos calamidades. Na realidade, todo tipo de experiência é parte integrante da existência, e muitas vezes são precisamente os desagradáveis e dolorosos que nos permitem avançar.

Lidar com um trauma significa enfrentar uma situação que desestabiliza a normalidade da nossa vida: por isso requer o uso de novas ferramentas para superá-lo.

Aspectos de nossa personalidade que não conhecíamos emergem, e essa autoconsciência renovada é refletida como uma luz em tudo o que nos rodeia. Sentimos e somos mais fortes, porque fomos colocados à prova e fomos vitoriosos, apesar do sofrimento.

Aqui estão as 10 realizações pessoais que resultam na superação de um trauma.

image: pixabay

1. Maior empatia. A superação de um evento traumático reforça a capacidade empática daqueles que o experimentam; é como se o sofrimento o tornasse mais sensível ao humor de outras pessoas. Uma capacidade que se mostra extremamente útil para estabelecer relacionamentos com os outros.
2. Maior perspicácia. Aqueles que vivem uma experiência negativa serão capazes de perceber melhor os detalhes de cada situação, e também suas conseqüências: de fato, eles serão capazes de "sentir" as mentiras e os subterfúgios.
3. Intuitividade. A maior capacidade empática daqueles que superaram um trauma permite que eles "vejam" além da aparência das coisas, sentindo precisamente os estados mentais ocultos das pessoas com as quais entram em contato.

image: maxpixel

4. Comunicação eficaz. A nova sensibilidade adquirida como resultado de um evento doloroso torna possível descrever intensas experiências emocionais da melhor maneira possível e em grande detalhe.
5. Capacidade de estar sozinho. Apreciar a solidão é precisamente aqueles que sofreram um trauma: esta condição permite, de fato, uma melhor conexão com o eu interior.
6. Grande generosidade. Somente aqueles que sofreram muito sabem o valor profundo do presente, que preenche aqueles que o oferecem. Ajudar os outros de maneira desinteressada, colocar a serviço dos outros suas novas habilidades e recursos e construir um mundo melhor.

Advertisement
image: pixabay

7. Bondade. Aqueles que tiveram uma experiência difícil sempre tratam uns aos outros com respeito, porque eles não acreditam em si como melhor que os outros: eles encontraram as surpresas desagradáveis da vida em sua pele.
8. Desprendimento de bens materiais. A pessoa que sofreu, conhece os valores autênticos da vida e sabe que eles não podem ser comprados. A felicidade não vem de objetos, mas de dentro: a alegria de compartilhar com os outros - amigos ou estranhos - e uma consciência sempre nova de si mesmo.
9. Máxima confiabilidade. Qualquer pessoa que tenha experimentado uma experiência traumática é uma pessoa autêntica, que diz o que pensa: assim, você pode contar com isso, porque sabe o que realmente sente.
10. Educação. O aumento da sensibilidade daqueles que sofreram o torna particularmente inclinado a usar boas maneiras para se dirigir aos outros.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado