Os 5 motivos principais pelos quais os pais não se sentem à altura do seu papel - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Os 5 motivos principais pelos quais…
As mulheres que amam encher a casa de plantas tendem a viver mais, é o que sugere esta pesquisa Algumas pessoas amam mais os próprios cachorros que os outros seres humanos: um estudo explica o porquê

Os 5 motivos principais pelos quais os pais não se sentem à altura do seu papel

2.711
Advertisement

O nascimento de um bebê é sempre aguardado com grande trepidação, na certeza de que um amor que ainda é desconhecido, mas já infinito, virá logo a preencher a vida dos novos pais.

Toda essa alegria obviamente obscurece as advertências e as histórias daqueles que já têm filhos, das dificuldades - mas também dos estratagemas - que esse novo começo de vida inevitavelmente implica. Assim, uma vez nascidos, os pais podem ser sobrecarregados, não apenas por cansaço, mas também por dúvidas, e se sentirem tristes, ansiosos ou mesmo deprimidos.

Em particular, existem 5 razões pelas quais você pode acreditar - erroneamente - que não está à altura de seu status de pai.

1. O impulso de querer ser perfeito

De acordo com alguns pesquisadores belgas, os pais com ensino superior estão sujeitos a um risco maior de incorrer em um colapso nervoso. A razão é que eles são muito mais pressionados pela ansiedade de serem os melhores. Em vez disso, é necessário abaixar o nível dos padrões estabelecidos e parar para ouvir o seu filho - mesmo que ele ainda não fale, você acabará entendendo ele. Não é necessário ser pais perfeitos, mas aqueles que seu filho precisa.

2. Expectativas irreais alimentadas pelas redes sociais

As redes sociais podem ser uma fonte de grande estresse, especialmente para um novo pai: fotos de família perfeitas encontradas são artisticamente modificadas, mas não refletem a realidade cotidiana da parentalidade. Cuide de si, da sua família e do seu filho e deixe para lá a foto para postar no instagram.

Advertisement

3. Sentir que não pode fazer uma pausa

Os primeiros meses da vida de um bebê são monótonos e exaustivos, e os pais - especialmente as mães - estão fisicamente exaustos. Mas mesmo cansados, não se pode deixar de cuidar do recém-nascido. Segundo um estudo, as novas mães começam a gostar de seus filhos a partir dos seis meses, porque até o momento continuam lutando para aceitar o evento que mudou suas vidas para sempre. Se você acha que não consegue, peça ajuda à família e aos amigos: você não está sozinho.

4. Muita responsabilidade

image: pixabay

Ser pai significa fazer mais trabalhos - cozinheiro, enfermeiro, psicólogo, professor, etc. - com uma enorme carga de responsabilidade. Por esse motivo, de acordo com a pesquisa, ser pai aumenta o risco de ter depressão e ansiedade. Para evitar isso, não mantenha tudo sob controle, mas deixe a criança tomar a iniciativa, pedindo ao longo do tempo, por exemplo, para ela manter seus brinquedos em ordem.

5. Sentir como se estivesse perdendo você mesmo

image: pixabay

Por lidar constantemente com um recém-nascido - que depende de você para tudo - às vezes os pais se perguntam quem são, e onde está a pessoa que eram antes. Tenha paciência, com o tempo a criança ficará cada vez mais independente, deixando-lhe esse espaço vital para se dedicar a si mesmo. Nesse meio tempo - e com a ajuda de amigos e parentes - comece a criar alguns mini-espaços para tomar banho, ler algumas páginas de seu livro favorito ou fazer algum exercício leve: mesmo que por pouco tempo, você se sentirá melhor.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado