As crianças felizes de verdade tendem a ser barulhentas e vivazes - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
As crianças felizes de verdade tendem…
Educação das crianças: veja 5 coisas que contam muito mais que as notas na escola Veja como usar dois ovos e uma colher de sal para aliviar as dores nas articulações

As crianças felizes de verdade tendem a ser barulhentas e vivazes

Por Roberta Freitas
3.087
Advertisement

Todos nós fomos crianças, todos tivemos uma infância, mas quando crescemos nos esquecemos facilmente daqueles sentimentos e daqueles dias. Assim que nos deparamos com crianças barulhentas e bagunceiras, imediatamente pensamos nos pais como os culpados.

Mas a infância tem vários estágios, é composta de descobertas e fases, e até mesmo uma criança inquieta terá a oportunidade de crescer e aprender. Toda criança tem um caminho de crescimento diferente, mas nem tudo é atribuível aos pais.

Lidar com crianças certamente não é fácil, e nem mesmo um bom pai nem sempre tem a solução certa. Muitas vezes erramos, então temos que tentar de maneira diferente, não há um único modo de ser pais.

Quando você é a mãe ou pai de uma criança particularmente vivaz, muitas vezes você é maltratado ou imediatamente apontado como um pai que não tem pulso firme ou um pai incapaz. A verdade é que as crianças têm o direito de serem animadas e barulhentas, elas têm o direito de serem crianças e elas certamente não podem ser fantoches.

As pessoas rapidamente esquecem o que é ter filhos pequenos, esquecem que não há manuais de instruções para os pais, e que o que é verdade para você e seu filho pode não se aplicar ao filho de outra pessoa. 

É provavelmente verdade que alguns pais nem sempre conseguem administrar a exuberância de seus filhos, mas nem sempre os ser pais é simples. Quando você entra em um restaurante e o bebê chora, todo mundo olha para você como se fosse sua culpa, como se você não tivesse direito a um almoço ou jantar fora.

Nessa perspectiva, mais e mais restaurantes também decidem não acolher famílias com crianças para "não incomodar os clientes". Nós nos tornamos intolerantes com crianças barulhentas, mas essas crianças não são barulhentas, elas não são nada além de crianças.

E esses pais não têm defeitos: são apenas pais tentando fazer o seu papel da melhor maneira possível. 

Advertisement
image: kenny/Pixabay
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado