Neste hotel é possível cuidar de um cachorro durante a estadia e decidir se adotá-lo depois - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Neste hotel é possível cuidar de um…
Um motorista transformou um ônibus inglês em um refúgio para os moradores de rua Este cachorro empurrou uma cadeira para perto de seu dono para poder ficar ao seu lado

Neste hotel é possível cuidar de um cachorro durante a estadia e decidir se adotá-lo depois

24 Dezembro 2019 • Por Roberta Freitas
1.713
Advertisement

Desde outubro de 2018, o hotel Home 2 Suites em Biloxi, Mississippi, que atende a hóspedes para estadias prolongadas, recebe cães adotivos da Humane Society of South Mississippi, um abrigo de animais na zona. Até agora, 33 hóspedes voltaram para casa com um dos cães do programa "Fostering Hope" do Home 2 Suites. Este programa foi desenvolvido por Teresa Johnston, gerente de vendas do hotel. Depois que Bianca Janick, gerente de relacionamento do abrigo, estudou o hotel, ela concluiu que tinha a "configuração ideal" para um programa de custódia de longo prazo.

via: USA Today

Os hóspedes interessados em adotar um cão do programa preenchem um requerimento e pagam a taxa de adoção de US$ 50 no hotel. "Temos um programa de adoção muito aberto", diz Janik. "As pessoas estão tentando fazer a coisa certa adotando. No entanto, reservamos o direito de negar a adoção se o cachorro não estiver exatamente confortável com os anfitriões humanos do hotel..."

Se não houver motivo para recusar uma inscrição, o cão poderá se mudar diretamente para o quarto de hotel do novo proprietário, permitindo que a Humane Society liberte um novo cachorro do canil; isso permite, portanto, ter mais espaço no refúgio, que recebe cerca de 8.000 cães por ano e faz com que sejam adotados quase 80% deles.

Como é padrão nas adoções de resgate e de refúgio para esses amigos de quatro patas, cada cão foi esterilizado, possui o microchip e está em dia com todas as vacinas necessárias.

Janik diz que o programa foi bem-sucedido, graças a um cuidadoso processo de seleção do abrigo (por exemplo, cães sensíveis demais não são bons candidatos para morar no saguão de um hotel) e o bom senso da equipe do hotel. Esse é um dos motivos pelos quais eles ainda não o estenderam a outros hotéis americanos, embora muitos estejam interessados na ideia.

Advertisement

A decisão tomada por este hotel não apenas dá aos cães do refúgio que precisam de carinho uma família "temporária", mas também coloca cães e humanos em contato próximo, formando um vínculo muito forte que vai muito além de apenas cuidar um do outro.

Parabéns pela iniciativa da Humane Society of Southern Mississippi!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado