Uma menina de 4 anos que luta contra o câncer consegue abraçar o pai após 7 semanas de distanciamento - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Uma menina de 4 anos que luta contra…
Os delicados desenhos dessa garota conseguem descrever o amor melhor do que muitas palavras românticas O cão-guia ficou sempre ao lado da aluna com deficiência: no final do ano, a universidade faz ele

Uma menina de 4 anos que luta contra o câncer consegue abraçar o pai após 7 semanas de distanciamento

Por Roberta Freitas
3.427
Advertisement

Quando um filho nasce, é difícil imaginar poder amar mais qualquer outra pessoa. Afinal, é absolutamente normal: o relacionamento e o vínculo que são criados entre um pai e seus descendentes são tão esplêndidos e fortes que um pai e uma mãe sabem que estão dispostos a fazer tudo para garantir que seus filhos cresçam tranquilos e com saúde.

Cada pai está pronto para se sacrificar por seus filhos e filhas, mesmo que isso signifique se afastar deles e sofrer com a saudade, especialmente em momentos difíceis. O mesmo aconteceu com a pequena Mila, 4 anos, e seu pai, Scott. A criança foi diagnosticada com leucemia, razão pela qual teve que passar por várias sessões de quimioterapia. Como se essa situação trágica já não fosse suficiente, a pandemia de Coronavírus complicou tudo, tornando necessário distanciar o pai da filha.

via: Metro

As defesas imunológicas da pequena Mila já estavam muito enfraquecidas pela leucemia: por esse motivo, ela nunca poderia se arriscar a contrair o Covid-19, um evento potencialmente fatal para ela. O pai teve que continuar trabalhando durante a pandemia, razão pela qual tomou uma decisão muito difícil, mas útil, de preservar a saúde da filha a todo custo.

O homem de 50 anos decidiu, com muita dor, sair de casa, deixando Mila com a mãe, que poderia cuidar dela. Os riscos, com ele em casa, teriam sido muito grandes e, portanto, essa precaução era realmente necessária. Muitas vezes, durante seu tempo longe de Mila, Scott parava na frente da janela de sua casa para cumprimentá-la, dando vida a uma cena tão comovente quanto delicada.

Advertisement

Depois de sete semanas, finalmente chegou a "luz verde" para Scott voltar para casa e tirar uma folga do trabalho por razões relacionadas à saúde de sua filha. Para seu retorno, Scott queria dar algo especial à pequena Mila. Então, decidiu que faria uma surpresa maravilhosa para ela. A criança não esperava ver o pai entrar na casa, tanto que, a princípio, ela pensou que ele estivesse brincando.

Desnecessário descrever sua alegria quando viu que Scott estava realmente atravessando a porta de casa, pronto para pegá-la no colo e abraçá-la de uma maneira maravilhosa, com emoção e felicidade. Um sorriso brilhante foi impresso no rosto da menina, enfraquecido pela luta contra a leucemia, mas feliz por poder contar com o carinho que apenas um pai pode dar.

A cena toda foi filmada: basta assistir o vídeo para se envolver e se empolgar. O próprio Scott não foi capaz de conter as lágrimas, e tudo o que resta é desejar que Mila continue lutando como uma verdadeira guerreira, e que em breve seja capaz de derrotar o mal que a aflige.

Advertisement
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado