Os médicos declaram um recém-nascido morto: ele volta à vida após 2 horas graças ao contato com sua mãe - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Os médicos declaram um recém-nascido…
Rolinhos de abobrinha assados: a receita perfeita de baixa caloria para a temporada de verão Uma mulher descobre que já tinha conhecido seu marido durante férias quando tinha 6 anos de idade

Os médicos declaram um recém-nascido morto: ele volta à vida após 2 horas graças ao contato com sua mãe

Por Roberta Freitas
8.418
Advertisement

Quando Kate Ogg deu à luz aos seus dois gêmeos, o momento de alegria devido a um evento tão feliz foi imediatamente preenchido com angústia e tristeza. Qualquer um teria experimentado essas sensações ao ver que um dos dois bebês, infelizmente, não conseguia respirar, até ser declarado morto pelos médicos.

Uma cena de partir o coração, à qual Kate reagiu instintivamente, pegando o bebê no colo e segurando o pequeno com força, como se não quisesse que ele fosse embora, em uma onda de afeto que provavelmente apenas uma mãe pode entender completamente. Apesar desses momentos dramáticos, a vida da nova mãe e do bebê teriam uma surpresa incrível, para dizer o mínimo, diante da qual até os médicos ficaram chocados.

Nas 2 horas seguintes ao nascimento, o bebê, chamado Jaime, foi mantido sob observação. Embora ele tivesse sido declarado morto, algo especial estava evidentemente acontecendo nele. Ele parecia estar dando alguns pequenos sinais de vida, e foi nesse momento que Kate decidiu colocar um pouco de leite materno no dedo, tentando alimentá-lo com as próprias mãos. Aqui o impensável aconteceu: o bebê pegou o leite e continuou parecendo cada vez mais vivo.

Os médicos de plantão foram chamados, ninguém podia acreditar no que estava acontecendo. Jamie estava recuperando a consciência, ele estendeu a mão e agarrou o dedo da mãe, até que abriu os olhos e moveu a cabeça. O bebê estava vivo!

Apesar da perplexidade dos médicos, a família e a equipe médica testemunharam um caso de retorno à vida obtido graças ao calor e ao contato com o corpo da mãe. Foi o que, no jargão, é chamada de "terapia canguru", que é a prática pela qual - especialmente para bebês prematuros como Jamie - o contato com a pele e o calor da mãe pode ter efeitos benéficos no bebê. Uma espécie de "incubação natural", portanto, muito próxima da pessoa que, durante meses, manteve a criatura no ventre e que pode representar, com sua simples presença, uma verdadeira cura.

Advertisement

A do "canguru" é certamente uma técnica que leva em alta consideração o fator humano, mesmo em casos médicos difíceis. Não é um método anticientífico, mas uma maneira de dar à natureza uma possibilidade adicional, aproveitando o mais simples que existe: o calor materno. A história de Kate e de seu pequeno Jamie é absolutamente surpreendente. A criança teve pouca sorte desde os primeiros momentos da vida, e é como se a natureza quisesse dar a todos mais uma maravilhosa demonstração de quão grande pode ser seu poder.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado