Um adolescente continua a se comportar mal na escola: seu pai vai para a aula e se senta ao lado dele como punição - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Um adolescente continua a se comportar…
15 pessoas fotografaram o que tornou o dia deles horrível Um cachorro entra na igreja durante a missa: o padre não o afasta e começa a brincar com ele

Um adolescente continua a se comportar mal na escola: seu pai vai para a aula e se senta ao lado dele como punição

Por Roberta Freitas
6.970
Advertisement

Se há um período da vida que fica gravado na memória, esse período é a adolescência. Ele permanece gravado nas memórias de qualquer indivíduo, mas talvez ainda mais nas dos pais. Entre mudanças físicas e psicológicas e o humor como uma montanha-russa, ninguém fica entediado.

Essa volatilidade não se manifesta apenas em casa, mas também fora, por exemplo, na escola. É claro que é preciso compreensão, mas também pulso firme, caso contrário, se corre o risco de adquirir maus hábitos.

Também para Denise e Bradley Howard, um casal americano, foi a vez de experimentar esta “experiência emocionante”. O filho deles, Brad, de 17 anos, vinha apresentando os sintomas claros de "rebelião adolescente" há algum tempo.

Em um instante o doce bebê de mamãe e papai, se tornou um menino preguiçoso com vontade de criar problemas. Seu professor já os havia alertado várias vezes sobre seu comportamento rebelde.

image: Molli Howard

Durante uma das conversas usuais entre pai e filho, Bradley disse para ele voltar a se comportar bem, caso contrário, ele teria agido. Se ele não parasse de causar problemas na sala de aula, ele iria aparecer na escola pessoalmente e se sentar ao lado dele. Infelizmente, Brad não levou o aviso a sério e continuou como o de costume. Assim, chegou o dia de passar das palavras aos atos e de transformar essa ameaça em promessa. Numa sexta-feira, quando Bradley estava de folga do trabalho, ele foi para a escola e, como havia prometido, se sentou na mesma carteira que seu filho.

O gesto singular ficou imortalizado em uma foto que o próprio pai tirou e postou no Facebook, como uma lembrança e advertência perpétua. Para Brad foi uma experiência bastante desagradável e constrangedora que ele certamente não esquecerá por muito tempo!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado