Uma mulher adotou as 4 filhas de sua melhor amiga que morreu de câncer: uma comovente história de afeto e lealdade - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Uma mulher adotou as 4 filhas de sua…
10 mulheres que pediram para os maquiadores para terem lindas sobrancelhas e obtiveram resultados questionáveis Se uma criança se recusa a abraçar ou interagir com alguém, ela nunca deve ser forçada

Uma mulher adotou as 4 filhas de sua melhor amiga que morreu de câncer: uma comovente história de afeto e lealdade

Por Roberta Freitas
3.662
Advertisement

Um aforismo muito popular, cuja autoria se perde entre autores anônimos, memes e séries de TV, diz "amigos são a família que escolhemos". Pode soar como uma frase um pouco clichê mas, para algumas pessoas, é a mais pura verdade.

Quando você tem a sorte de encontrar alguém tão especial, além do seu parceiro, isso significa que você recebeu um dos maiores presentes possíveis. Esta história é sobre vínculos, resiliência, promessas e o poder da vida.

image: Rico Ruffino

Laura Ruffino e Liz Diamond são melhores amigas desde a infância. Parecidas, mas ao mesmo tempo diferentes, elas eram uma a metade da outra. Na faculdade, Liz se mudou de Buffalo para a Califórnia, mas as duas mantiveram contato constante. Lá ela deu à luz as suas três primeiras filhas e voltou para sua cidade natal quando estava grávida de sua última filha. Laura teve duas, então sua Grace praticamente cresceu com Tara Diamond.

Em 2014, Liz descobriu que tinha um tumor cerebral em estágio terminal. Ela foi hospitalizada, mas no começo de sua doença ela não queria saber nada sobre sua condição real. Ter um diagnóstico negativo a impediria de lutar e ficar lúcida.

image: Daily Mail

Com o passar dos dias, entretanto, sua saúde foi piorando. Sentindo que o tempo estava se esgotando, Liz pediu à amiga que cuidasse de seus filhos quando ela partisse. Entre lágrimas, Laura aceitou sem pensar por um segundo. Na verdade, essa era uma ideia que ele já sentia crescer dentro de si, como se estivesse apenas esperando que Liz pedisse. Rico, seu marido, achava que honrar essa promessa era a única coisa certa a ser feita.

Foi uma jornada longa e difícil. As filhas de Liz, Samona, Tara, Ella e Lilyan, até o fim, nunca souberam o quão grave era a situação. Em todo esse tempo, Laura tentou introduzir a possibilidade de morar todos sob o mesmo teto, para acostumar as meninas com a ideia.

Advertisement
image: Rico Ruffino

Liz faleceu em 4 de abril de 2017. Foi um dia e um ano difíceis. Muitos desafios para enfrentar e mudanças para se adaptar. As meninas tiveram que aceitar que sua mãe não estava mais lá. Laura e Rico deixaram de ter 2 filhas para sustentar 6. Finalmente, era difícil para as filhas biológicas de Laura, Isabella e Grace, perceberem que agora seus pais deveriam ter compartilhado tempo e amor com outras pessoas. Demorou muito, mas no final tudo se encaixou.

Agora, Laura tem 6 lindas garotas que se consideram irmãs. Mesmo que Liz não possa estar com elas fisicamente, seu espírito sempre estará presente. Uma parte dela continua a viver nas memórias e na força de uma amizade que foi maior do que qualquer dor.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado