Um homem adotado descobre 22 anos depois que sua mãe biológica trabalhava na mesma loja onde ele era vendedor - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Um homem adotado descobre 22 anos depois…
13 filhotes de pastor alemão que são um verdadeiro concentrado de ternura 11 animais imortalizados em poses tão irresistíveis que merecem um prêmio por ternura e simpatia

Um homem adotado descobre 22 anos depois que sua mãe biológica trabalhava na mesma loja onde ele era vendedor

Por Roberta Freitas
2.247
Advertisement

Quando você ouve falar de pais abandonando ou dando em adoção seus filhos, é fácil apontar o dedo e julgar sem conhecer os fatos. Nem sempre uma pessoa está pronta para desempenhar o papel de pai ou mãe, ou é fisicamente capaz de cuidar de uma criança. O que alguns podem considerar falta de coragem e responsabilidade, para outros é uma demonstração de afeto, uma escolha corajosa de amor.

Christine Tallady deu à luz a uma criança em outubro de 1985. A mulher estava em condições financeiras críticas e nunca teria conseguido sustentar seu filho. Daí a dolorosa decisão de entregá-lo para adoção. Para ela, só assim o pequeno teria a oportunidade de um futuro melhor. Certamente não a deixou feliz, mas ela nunca se arrependeu ou se envergonhou daquele gesto. Isso é demonstrado pelo fato de que ela não deixou seus registros de adoção secretos, para que se um dia seu filho quisesse encontrá-la, pudesse fazer isso.

Quando ele foi adotado, o pequeno se chamava Steve. Aos 18 anos, o menino começou a procurar sua mãe biológica. A investigação, no entanto, não teve sucesso, mas ele nunca desistiu. Em 2007, depois de mais uma tentativa, o jovem percebeu que havia cometido um erro ao soletrar corretamente o nome de sua mãe.

Com os dados certos desta vez, as respostas não demoraram a chegar. Steve descobriu que Christine não morava muito longe dele. Na época, ele trabalhava como entregador para a Lowe's em Grand Rapids, no Michigan. Por ser uma das maiores lojas da região, Steve pensou em perguntar ao chefe se por acaso ele já tinha encontrado uma Christine Tallady. Incrivelmente, ele não apenas a conhecia, mas Christine também trabalhava na Lowe's em Grand Rapids.

O jovem pensou que sabe-se lá quantas vezes ele havia se deparado com aquela mulher sem saber quem ela realmente fosse. Agora mãe e filho estão finalmente juntos. Demorou 22 anos e não faltaram dificuldades, mas a julgar pelas coincidências, os dois sempre estiveram ligados por um fio vermelho invisível.

Assista ao vídeo do encontro aqui.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado