Uma adolescente reclama porque sua mãe cortou sua mesada de $ 5000 para $ 1000: "Eu me sinto como uma agricultora" - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Uma adolescente reclama porque sua mãe…
Um garoto de 22 anos é demitido após perder os pais: Um jovem jogador de futebol ajuda sua esposa a dar à luz na frente de casa: eles não tiveram tempo de ir ao hospital

Uma adolescente reclama porque sua mãe cortou sua mesada de $ 5000 para $ 1000: "Eu me sinto como uma agricultora"

Por Roberta Freitas
2.742
Advertisement

Os filhos geralmente recebem uma pequena soma simbólica de dinheiro, uma mesada, para aprenderem a gerenciar o seu dinheiro e a ter mais responsabilidades. Na adolescência, então, as necessidades aumentam e, embora os pais sejam os primeiros a satisfazer todas as necessidades básicas, os extras são pagos com a mesada. Essa mesada, então, se torna uma um modo de comprar algo para si ou simplesmente para sair com amigos de vez em quando. Para Nicolette Gray, uma adolescente de 15 anos de Beverly Hills, a mesada era certamente algo mais: sua mãe, na verdade, lhe dava 5.000 dólares por mês! Mesada que vale muito mais do que um salário "normal".

via: Facebook

Depois de anos vivendo no luxo, a "pobre" Nicolette se viu somente com uma parte do dinheiro, o que não era aceitável para ela: sua mãe decidiu dar a ela "apenas" 1.000 dólares por mês, em vez dos 5.000! Para muitos, no entanto, continua a ser um número impressionante, considerando também que Nicolette tem apenas 15 anos e certamente não tem um emprego. A "pobre" adolescente, porém, se sentiu à beira da morte ao perceber que não teria mais tanto dinheiro para gastar com sapatos, bolsas e roupas, e disse que seu padrão de vida é insustentável com tão pouco dinheiro: "Me sinto uma camponesa!", ela declarou publicamente.

O erro certamente foi cometido por sua mãe, Nina, que reconheceu o seu sentimento de culpa: trabalhando muito e sendo mãe solteira, Nina passava muito tempo fora de casa e as horas que compartilhava com sua filha eram cada vez menores. Sua maneira de compensar essas faltas sempre foi por meio do dinheiro. A jovem Nicolette, aliás, sempre teve tudo o que desejou: do motorista particular ao personal trainer na academia, sem falar nas bolsas, sapatos e roupas que comprava graças ao cartão de crédito sem limites da mãe. Felizmente, porém, a mãe percebeu que a situação estava saindo do controle e decidiu sensibilizar um pouco a filha sobre o assunto.

Advertisement

Voltar atrás depois de ter criado uma menina mimada não é fácil, tanto que Nicolette não quer saber de responsabilidades ou de encontrar um emprego. Tudo o que ela quer é ganhar dinheiro de sua mãe. Durante um programa de TV em que mãe e filha discutiam o assunto, Nicolette também ameaçou sua mãe de tornar sua vida um inferno se ela não voltasse atrás na sua decisão. Como é possível gerenciar uma filha assim?

O primeiro passo, como pai, é dar menos dinheiro e mais amor.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado