O cão idoso não consegue se mover: a família se reveza dormindo com ele no sofá para confortá-lo - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
O cão idoso não consegue se mover:…
Um cachorro de rua entra furtivamente em campo e interrompe um jogo de futebol: um dos jogadores decide adotá-lo Ajuda a esposa idosa a se banhar na beira do mar com paciência e muito carinho: esta é a cara do amor verdadeiro

O cão idoso não consegue se mover: a família se reveza dormindo com ele no sofá para confortá-lo

Por Roberta Freitas
1.598
Advertisement

Adotar um cachorro é definitivamente uma escolha de mudança de vida, de todos os pontos de vista. O ditado que diz "o cão é o melhor amigo do homem" é definitivamente o espelho da realidade: oferecer abrigo, amor e carinho a um cachorro significa aceitar um novo membro da família, um novo amigo. Um membro fiel e leal, que nunca dará as costas a ninguém de sua família. A família de Catherine Morrison decidiu adotar Spike em 2012. Na época, o cachorrinho tinha 6 anos e havia sido resgatado de um abrigo. Com o tempo, Spike teve que lidar com dois ataques cardíacos, aos quais sobreviveu com algumas doenças. Hoje, aos 15 anos, o cão se esforça para se mover e infelizmente não consegue mais alcançar o quarto de seus "pais" no andar de cima, como fazia antes. Por isso, a família dorme com ele no sofá fazendo turnos todas as noites.

via: The Dodo

Quando a família Morrison adotou Spike, eles acreditaram firmemente que o cão só teria acesso ao andar inferior da casa. Na primeira noite, o pai de Catherine se certificou de que o "portão" da escada que levava ao andar de cima estivesse perfeitamente fechado. Spike não poderia ter alcançado o segundo andar, de acordo com as previsões. Obviamente, eles estavam errados: depois de alguns minutos choramingando e reclamando, Spike não pensou duas vezes antes de pular aquele portão e chegar à cama de seus "pais". A partir de então, esse seria seu lugar preferido.

O segundo ataque cardíaco, entretanto, afetou muito o pobre Spike, que agora é idoso e tem os movimentos limitados. No seu estado, ele não consegue subir as escadas que levam ao andar de cima e, mesmo fechando o pequeno portão, a família teme que o cão tente pular por cima dele. Para evitar mais danos físicos, a família decidiu que cada um deles se revezaria para dormir no sofá, no andar de baixo, com o idoso Spike. Uma maneira de evitar que seu cão se sinta muito sozinho.

Advertisement

Uma rotina que começou quando Catherine foi para a faculdade e que continuou mesmo em sua presença. Dessa forma, trocas entre três pessoas permitem que pelo menos duas delas durmam melhor. O pai de Catherine, no entanto, nunca deixa de levar comida, água e cuidados especiais para seu velho companheiro de quatro patas.

A dedicação de toda a família para tornar a vida de Spike o mais confortável possível é realmente admirável. Quem não faria isso por seu cachorro?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado