Uma mãe exausta explica por que você não deveria visitar alguém que acabou de dar à luz

por Roberta Freitas

22 Março 2021

Uma mãe exausta explica por que você não deveria visitar alguém que acabou de dar à luz
Advertisement

Katie Bowman tinha acabado de dar à luz quando seu quarto de hospital foi "invadido" por membros da família que estavam ansiosos para conhecer o bebê. Alguém tirou uma foto dela no que, com certeza, deve ter sido um momento de alegria e festa para todos os avós, amigos, tios e primos naquele quarto mas, infelizmente, não para ela. A expressão em seu rosto demonstra isso totalmente. A mensagem que esta nova mãe quer passar é muito simples: depois de ter mantido um bebê dentro de seu corpo por 9 meses, a mãe precisa primeiro descansar e, depois, se acostumar com a ideia de ser mãe de verdade. É muito pedir um ou dois dias para se recuperar do parto? A pergunta que Katie se faz é claramente retórica e é exatamente a partir dela que começa o seu desabafo.

via Facebook / Katie B.

Advertisement
Facebook / Katie B.

Facebook / Katie B.

Tornar-se mãe não é exatamente uma coisa simples e, embora o entusiasmo de amigos e parentes seja compreensível, talvez tenhamos que desviar a nossa atenção, pelo menos por 24 horas, para o esforço feito pela mãe e deixar a ela o espaço certo para se recuperar. Como entender bem como segurar seu recém-nascido nos braços ou como amamentá-lo, se o quarto está cheio de gente que não vê a hora de tirar uma foto e levar presentes? Por mais bonito que seja, um parto também é doloroso e até a amamentação pode ser: imagine o sofrimento a cada mamada - o cansaço e a frustração crescerão desmesuradamente todos os dias! Em virtude de todas essas dificuldades, então, por que as pessoas ainda persistem em visitar as novas mães no hospital imediatamente após o parto?

Advertisement
Facebook / Katie B.

Facebook / Katie B.

Embora Katie estivesse bem ciente de suas necessidades - nenhuma delas incluía frases como "você parece muito cansada!" ou "você já perdeu alguns quilos, hein?!" - ela não teve forças para levantar a voz para afastar amigos e parentes naquele primeiro momento, tão delicado para ela e para o bebê. Sua reflexão, porém, é um convite aos outros para que abram espaço para as futuras mães e respeitem suas necessidades: "Da próxima vez que alguém que você conhece tiver um bebê, lembre-se de como essa nova mãe pode estar cansada. Sei que você não vê a hora de conhecer o bebê, mas lembre-se que visitar um recém-nascido não é um direito seu, mas um privilégio".

Resumindo, da próxima vez, pense duas vezes.

Advertisement