A madrasta fica furiosa quando descobre que sua enteada tinha dado à própria filha o nome de sua mãe biológica. - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
A madrasta fica furiosa quando descobre…
Um carteiro passou 33 anos de sua vida construindo um palácio de contos de fadas apenas com a força de suas mãos Perde o cachorro e o encontra após 2 longos anos:

A madrasta fica furiosa quando descobre que sua enteada tinha dado à própria filha o nome de sua mãe biológica.

25 Abril 2021 • Por Roberta Freitas
387
Advertisement

Quando a família discute o nome a ser dado a um bebê, opiniões, preferências por um ou por outro, tensões entre os vários membros da mesma família, podem gerar atritos que dificilmente podem ser sanados com uma simples discussão civil. Afinal, a escolha do nome a ser dado a um futuro herdeiro da árvore genealógica nunca é simplesmente uma competição em que nome soa melhor, qual é mais curto ou qual é muito longo. Nunca é assim, e é por isso que discussões desse tipo são muito comuns...

A contar uma história absurda de uma briga familiar foi uma mulher anônima que no Reddit expressou toda sua frustração com o comportamento de sua madrasta. Na verdade, a mulher diz que perdeu a mãe biológica ainda muito jovem e sempre foi criada pelo pai e pela sua companheira, neste caso a madrasta em todos os aspectos. Quando a mulher finalmente ficou grávida, ela contou que o nome que escolheu para a filha não tinha sido aceito pela madrasta, gerando tensões bastante evitáveis. A mulher disse: “Minha madrasta tem três filhos, meu pai me teve quando ele tinha apenas 26 anos. Eles se casaram quando eu tinha 5 anos e os filhos dela tinham 3, 8 e 11. Minha mãe faleceu quando eu tinha 3 anos. Passei de morar em casa com a mãe para morar com eles. Minha madrasta era muito boa, ela começou a me tratar exatamente como seus filhos e agora ela é avó de dois netos e ambos herdaram o nome dela. A neta tem o nome dela, o neto tem uma variante masculina. Tive minha filha há algumas semanas e dei o nome dela em homenagem à minha mãe e à mãe do meu marido.

O nome causou um grande rebuliço porque o nome de minha madrasta não fazia parte do nome de sua nova neta. Não percebi isso a princípio, mas depois minha resposta à perplexidade deles foi que eu queria fazer um homenagem à minha mãe e à mãe do meu marido (que ainda está viva) e que ela (a madrasta) já tem os dois netos com o nome dela..."

A postagem então terminava com as seguintes palavras: “Fiquei muito chateada e comecei a chorar. Meu pai me disse que a forma como eu anunciei faz parecer que a madrasta não é a avó do meu bebê. Eu disse que ela era a avó do meu filho no mesmo modo que meu pai era o avô dos netos dela. Em resposta, eles disseram que era diferente e eu disse que realmente não era. Eu sou a má desta história? O que você acha?"

De que lado você ficaria em toda essa história: do lado da madrasta (e, portanto, do pai da mulher), ou da jovem mãe que escolheu o nome de mãe natural para sua filha?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado