Mãe é agredida por amamentar seu filho em local público: seu depoimento nos faz refletir - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Mãe é agredida por amamentar seu filho…
Um entregador corre para ajudar um menino de 4 anos que estava sendo esmagado pela caixa que ele tinha entregado Ele salvou uma menina de 6 meses de um ataque terrorista: depois de 20 anos, aparece para sua formatura

Mãe é agredida por amamentar seu filho em local público: seu depoimento nos faz refletir

25 Maio 2021 • Por Roberta Freitas
980
Advertisement

O que há de errado em uma mãe amamentar seu bebê em um lugar público quando ela não pode fazer de outra forma? Claro, nem todo mundo gosta de testemunhar tal ato na frente de todos, mas o instinto materno e as necessidades urgentes do recém-nascido não podem ser adiados de forma alguma. Por essa razão, um pouco mais de compreensão e empatia para com essas mães deve ser sempre colocada em prática, não há necessidade de crueldade desnecessária.

via: RTL

Crueldade que uma francesa sofreu em lugar público, depois de ser forçada a amamentar seu filho na frente de todos. Uma experiência muito negativa a que contou a Maylis, uma mãe de Bordeaux, na França, que revelou o que lhe aconteceu e que a deixou verdadeiramente sem palavras. A mulher disse que estava na fila para pegar um pacote; seu filho de seis meses começou a chorar e buscava persistentemente o leite materno; tudo o que Maylis pode fazer naquele momento foi se afastar momentaneamente da fila e amamentá-lo: "Usei uma roupa adequada, que abre nas laterais, para tentar amamentar de forma bem discreta, porque tinha muita gente. Me escondi com meu casaco, mas aí uma mulher se aproximou e começou a me insultar com estas palavras: 'Você não tem vergonha? A nova geração está aqui para se exibir, você é mãe, você deveria planejar as refeições do seu filho, você deveria ter feito isso em casa, não é uma coisa de bom gosto para fazer isso em público!".

Mas não acabou por aí para a pobre mãe...

A mulher violenta se aproximou da mãe e deu um tapa nela na frente de todos, enquanto os clientes que estavam na fila para pegar um pacote ou os simples transeuntes nada fizeram para defendê-la; uma afronta que Maylis vivenciou pior do que a bofetada daquela mulher sem educação: “Ninguém me defendeu. [...] Eu gostaria de reagir, mas com um bebê nos braços, o que eu poderia fazer? Pior ainda, um idoso parabenizou a mulher que tinha acabado de me atacar!"

Esta mãe se sentiu humilhada não tanto pelo ato violento da mulher da fila, mas pela falta de apoio das outras pessoas: ninguém a defendeu, sinal de que na nossa sociedade ainda existe um estigma em relação às mães que amamentam em lugares públicos; quando isso vai acabar de uma vez por todas?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado