Por que somos mais picados por mosquitos do que outras pessoas quando o verão se aproxima? - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Por que somos mais picados por mosquitos…
Encontra $ 500 na boca do caixa eletrônico e devolve: era o dinheiro do aluguel de uma senhora de 92 anos

Por que somos mais picados por mosquitos do que outras pessoas quando o verão se aproxima?

05 Agosto 2021 • Por Roberta Freitas
2.103
Advertisement

É normal, logo que chega a estação mais quente do ano, nosso corpo é literalmente atacado por um enxame de mosquitos que parecem apreciar particularmente nossa pele; no entanto, de acordo com o que ouvimos também de outras pessoas, há indivíduos que não são nem um pouco tocados pela picada irritante desse inseto que todos nós aprendemos a odiar um pouco, mas que é essencial para o equilíbrio do ecossistema. A questão fundamental é: por que algumas pessoas são mais picadas por mosquitos do que outras?

Na realidade, a resposta é fornecida pela ciência e é múltipla; se muitos mosquitos comuns decidem "escolher" um ser humano em vez de outro para se alimentar, não é uma questão de preferência subjetiva ou não, mas parece que nossa pele desempenha um papel fundamental. Pois é, porque o mosquito, esse inseto tão importante e ao mesmo tempo tão chato no verão, é particularmente atraído pela quantidade de dióxido de carbono que nosso corpo emite.

Por exemplo, sabemos que o cheiro de CO2 é amplificado por nossa pele se ela produz mais ou menos ácido láctico; no caso de maior produção, os mosquitos não fazem nada além de "atacar" em massa aquele indivíduo tão apetitoso para eles; é o caso, por exemplo, de pessoas com sobrepeso ou de mulheres grávidas.

Não é apenas uma questão de dióxido de carbono. Tudo o que comemos, bebemos ou tocamos sem notar, afeta a flora bacteriana de nossa pele; essa flora da pele e sua composição (pode ser formada por inúmeras bactérias e agentes não patogênicos) pode atrair a presença de mosquitos; além disso, a prática de muita atividade física gera a produção de ácido lático, um verdadeiro néctar para esses tão odiados insetos. Parece também que mesmo o grande consumo de álcool pode induzir esses bichinhos a se posicionarem alegremente sobre nossa pele e nos picarem como bem entendem.

Mas apesar de tudo, a única arma que temos para nos proteger de seus ataques, como todos os anos com a chegada do verão, é estarmos preparados com repelentes e loções para a pele: serão suficientes?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado