Este cachorro aprendeu a viajar de trem sozinho para poder reencontrar o seu amigo humano - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Este cachorro aprendeu a viajar de trem…
Mãe desesperada: Os médicos disseram que ela não poderia ser mãe: agora, ela tem um filho de 5 anos

Este cachorro aprendeu a viajar de trem sozinho para poder reencontrar o seu amigo humano

07 Outubro 2021 • Por Roberta Freitas
951
Advertisement

Muitos cães inspiraram romancistas e diretores, desde o cachorro Buck no romance "Call of the Forest" até Hachiko do filme homônimo de 2009 com Richard Gere. São histórias de devoção, fidelidade e inteligência, qualidades que os cães apresentam em maior grau do que nós, humanos. A história de Lampo também é um desses contos de fadas maravilhosos. Hoje a história deste animal é celebrada com uma estátua dedicada à sua memória que pode ser admirada na estação de Campiglia Marittima na província de Livorno, na Itália. Uma história que emocionou e emociona as pessoas desde os anos 1950.

Mesmo que pareça um romance, a história de Lampo realmente se passou em 1953. Chegando de forma misteriosa à estação de Campiglia Marittima, um cachorro fez uma bela amizade com o vice-chefe da estação Elvio Barlettani. O cachorro deixou tanto quanto por sua filha Mirna apaixonados por ele, tanto que ela decidiu chamá-lo de Lampo.

Claro, as regras da estação não estipulavam que um cão pudesse ficar lá livremente. No entanto, Lampo, doce e discreto, se tornou um convidado regular e começou a acompanhar Mirna à escola pegando o trem. Aos poucos, Lampo começou a viajar de trem por conta própria de uma cidade a outra, sempre voltando para sua casa em Campiglia.

Mas infelizmente, as autoridades tiveram que intervir para garantir a segurança na estação. Portanto, a gerência da estação forçou o vice-chefe a se livrar do cachorro. Elvio e sua filha, muito tristes, embarcaram Lampo em um trem para Nápoles pensando que ele não poderia voltar. Mas essa tentativa de afastá-lo falhou terrivelmente: o cachorro voltou facilmente para sua casa e família. Eles foram então forçados a deixá-la com um fazendeiro na província de Barletta. Desta vez, Lampo parecia ter sido forçado a uma nova vida. Mesmo assim, apesar dos 600 km que o separavam de Campiglia, eles o viram voltar para casa.

Advertisement

A história de Lampo foi contada pelos jornais da época, o que fez do cachorro uma grande celebridade. Suas fotos apareceram em inúmeros jornais e revistas, trazendo a inteligência e teimosia deste animal à fama. Houve quem tentasse reconstituir a sua história: o cão tinha sido visto enquanto saía de um navio e depois sendo cuidado por um mendigo perto de Campiglia.

Embora o cachorro tenha falecido em 1961, a história ficou no coração das pessoas da pequena estação italiana a ponto de construírem uma estátua em sua homenagem, ainda visível na cidade toscana.

Um exemplo de fidelidade que vai além das... quatro patas!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado