Nos tempos de universidade os separaram por causa da cor da pele: hoje eles se reencontraram depois de 42 anos e estão juntos novamente - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Nos tempos de universidade os separaram…
Mulher vegana acusa o supermercado de enganá-la: teriam feito com que ela comesse carne Aos 86 anos ela se apaixona pelo homem que conheceu 40 anos antes:

Nos tempos de universidade os separaram por causa da cor da pele: hoje eles se reencontraram depois de 42 anos e estão juntos novamente

19 Outubro 2021 • Por Roberta Freitas
7.081
Advertisement

Jeannie Gustavson, agora com 68 anos, e Steve Watts, 71, namoraram secretamente durante os anos 1970. Eles foram um casal clandestino por mais de 7 anos enquanto estavam na universidade. Um primeiro grande amor. No entanto, o amor não é fácil em uma sociedade onde a cor da pele faz a diferença e os casamentos mistos são vistos com desprezo. Assim, há 42 anos, os dois foram forçados a se separar porque a família dela desaprovava os casamentos mistos.

No entanto, os sentimentos estão acima do preconceito e da política e Jeannie e Steve nunca esqueceram um do outro. Jeannie recentemente o localizou em uma casa de repouso em Chicago, redescobrindo seu amor novamente. Depois de todos esses anos, o coração de Steve ainda batia forte por Jeannie.

image: GoFund Me

Ele era lindo, elegante, simpático e com um sorriso fabuloso, mas afro-americano. Ela era muito meiga, linda, inteligente, mas branca. Esse é o seu pequeno drama: um casal misto apaixonado, em uma sociedade racista. Jeannie Gustavson, agora com 68 anos, e Steve Watts, 71, se conheceram na universidade quando ela era caloura e ele um aluno "sênior". Depois que se conheceram e se apaixonaram, eles tiveram que manter seu relacionamento em segredo por sete anos.

Ela acabou se formando como enfermeira e ele se tornou um professor de alemão, mas sua vida juntos esbarrava em um grande obstáculo: a família de Jeannie. Fortemente opostos aos casamentos mistos, os pais da garota se opuseram a esse relacionamento e - no final - Jeannie se distanciou do homem que amava.

Sua vida continuou em uma série de relacionamentos e casamentos insatisfatórios, que resultaram em muitos divórcios. "Deixá-lo foi uma decisão realmente estúpida", disse Jeannie, "uma escolha da qual continuei a me arrepender pelo resto da minha vida".

Mas hoje, graças às redes sociais e a um sobrinho cientista da computação, Jeannie foi capaz de encontrar o homem por quem ela sempre tinha sido apaixonada: Steve.

Advertisement

The lady, Jeannie Gustavson and her longtime ex-lover Steve Watts met as students at Loyola University in Chicago when...

Pubblicato da Tuko.co.ke su Venerdì 8 ottobre 2021

Infelizmente, ela descobriu que ele não estava bem: estava em uma casa de repouso, após sofrer um derrame nos últimos anos. Uma condição que não intimidava nem um pouco Jeannie. Então, depois de tomar coragem, decidiu escrever ao seu antigo amor e, não recebendo resposta, foi vê-lo pessoalmente.

"No momento em que o vi de novo", disse Jeannie, "me pareceu que os quarenta e dois anos de vida em que tínhamos ficado separados haviam voado em um instante. Ainda éramos aquele casal apaixonado dos tempos da faculdade e nossos corações batiam como o de dois jovens".

É um magnífico conto de fadas e um aviso a todas as pessoas que distinguem os homens apenas pela cor da pele.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado