Menino de 2 anos tinha passado metade da vida no hospital: quando ele tem alta, fazem uma festa para ele se despedir - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Menino de 2 anos tinha passado metade…
Adota um cachorrinho sem saber que ele se tornaria um dos maiores cachorros do mundo Mãe decide não comprar presentes de Natal, mas embrulha brinquedos velhos para os filhos

Menino de 2 anos tinha passado metade da vida no hospital: quando ele tem alta, fazem uma festa para ele se despedir

31 Dezembro 2021 • Por Roberta Freitas
962
Advertisement

Há crianças que têm que lutar desde o primeiro momento em que vêm ao mundo, tanto porque nasceram prematuras, como porque têm alguma patologia. Em maio de 2019, Kari Hazlewood deu à luz gêmeos, Hudson e Casen, que nasceram após apenas 26 semanas. Dois bebês prematuros que lutaram com todas as suas forças para permanecerem vivos. Infelizmente, apenas um deles sobreviveu e hoje pode finalmente dizer que está livre para aproveitar a vida longe de uma cama de hospital. O pequeno Casen passou quase um ano inteiro no hospital, o que representa a metade de sua ainda curta vida. Entre cirurgias e exames, a criança passou por muita coisa, mas finalmente saiu do hospital como um verdadeiro pequeno guerreiro. A equipe do hospital quis se despedir dele em grande estilo, com bolhas de sabão e um passeio em um carrinho de brinquedo pelas enfermarias do hospital.

via: integrisok

Casen gets to go home for the holidays! We are so happy to hear it ❤️ Casen Hazlewood of Ponca City is only two years...

Pubblicato da INTEGRIS Health su Martedì 21 dicembre 2021

Com apenas 2 anos, Casen já passou por 14 cirurgias e a metade de sua vida no hospital. Os gêmeos foram diagnosticados com síndrome de transfusão de gêmeo a gêmeo, uma condição que faz com que um dos gêmeos receba menos sangue no útero do que o outro; essa condição rara pode levar à morte de um ou ambos os bebês se não for tratada adequadamente. Entre os gêmeos, foi Hudson quem recebeu mais sangue, enquanto Casen recebeu menos, o que o levou a ficar desnutrido. Assim que nasceram, a situação se inverteu e, embora os médicos tenham feito o possível para salvá-los, Casen começou a melhorar enquanto Hudson contraiu uma infecção que o deixou sem saída após 12 dias. A partir daí, a batalha conturbada de Casen pela vida começou.

Ele passou os primeiros 154 dias na unidade de terapia intensiva neonatal até que, em outubro de 2019, os médicos o autorizaram a voltar para casa. Um retorno que durou apenas 6 dias: Casen foi forçado a retornar ao hospital. Uma nova internação, que deu lugar a uma rotina exaustiva que fazia com que o pequeno Casen entrasse e saísse do hospital constantemente.

Quando a equipe do Integris Baptist Medical Center deu luz verde a Casen para voltar para casa, houve uma grande festa no hospital para dizer adeus ao bebê que finalmente estava voltando para sua vida, ainda por viver. Centenas de bolhas de sabão foram feitas para ele e o menino foi convidado a fazer uma "viagem de carro" pelas enfermarias do hospital, sob aplausos e assobios de encorajamento.

"Amamos Kari e Donnie e toda a família Hazlewood e queríamos fazer algo realmente especial para eles", disse Erica Liddell, especialista do Hospital Infantil Integris, "em tudo entre a UTIN e as 14 cirurgias que ele fez, Casen passou quase um ano inteiro no hospital. É a metade de sua pequena vida, então queríamos comemorar".

Que grande alegria vê-lo sorrir depois de tanto tempo! Estamos muito felizes pela família!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado