Ele constrói um radar de velocidade falso para fazer os motoristas que passam na frente de sua casa irem mais devagar - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Ele constrói um radar de velocidade…
Ele não gosta de ser acordado e sua namorada sempre o respeitou: chega tarde no primeiro dia de trabalho Funcionário explorado e mal pago pede demissão: sem ele a empresa perde 40 milhões de dólares

Ele constrói um radar de velocidade falso para fazer os motoristas que passam na frente de sua casa irem mais devagar

11 Março 2022 • Por Roberta Freitas
2.083
Advertisement

Morar em um local excessivamente movimentado não é a primeira escolha de ninguém, mas não é incomum que ao comprar ou alugar uma casa não se perceba imediatamente o quanto o trânsito pode afetar a qualidade de vida de uma pessoa. Se a nossa casa estiver de frente para uma rua notoriamente movimentada porque, talvez, esteja no meio da cidade, será difícil isolar completamente os ruídos dos carros que passam em alta velocidade e buzinam. Resumindo, é preciso avaliar bem caso a caso e também levar esse aspecto em consideração, ou você pode fazer como Peter Van der Gucht, um homem de 57 anos de Stekene, na Flandres, que construiu um radar de velocidade falso na frente de sua casa, para fazer os carros desacelerarem!

via: HLN

Em uma pequena cidade de Flandres, Peter Van der Gucht, de 57 anos, decidiu que já estava farto de todos aqueles carros que atravessavam a rua em frente à sua casa em alta velocidade todos os dias. Para resolver o problema à sua maneira, o homem construiu um radar de velocidade falso, com a intenção de assustar os motoristas que certamente diminuiriam a velocidade, temendo uma multa. Como Peter é um construtor de carrocerias profissional, ele não teve grandes dificuldades em projetar e fazer um radar de velocidade que fosse o mais realista possível. O resultado final, aliás, foi tão satisfatório que os resultados esperados não demoraram a chegar: os motoristas que antes quase nunca respeitavam o limite de 50 km/h, finalmente começaram a desacelerar.

Peter encontrou sua solução de uma forma totalmente artesanal, mas se manteve na legalidade: "a polícia veio me pedir explicações duas vezes", disse Peter, "e os policiais admitiram que eu não estava fazendo nada de ilegal, se o radar falso estiver em um terreno privado e não em uma rua pública". Não há problema, então, do ponto de vista legal para Peter.

Você também está se inspirando nesta história?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado