Salvados mais de 500 pássaros que estavam esmagados em gaiolas minúsculas esperando para serem vendidos como animais de companhia - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Salvados mais de 500 pássaros que estavam…
Segundo uma tradição japonesa, cada dedo corresponde a um órgão: veja o que acontece se você aperta cada um deles Um homem amarra 8 filhotes e os joga no lixo: a punição que recebe é exemplar

Salvados mais de 500 pássaros que estavam esmagados em gaiolas minúsculas esperando para serem vendidos como animais de companhia

1.331
Advertisement

Muitos sabem disso, mas nem sempre é óbvio: nem todos os animais são criados para viver em cativeiro ou para se tornarem domésticos. Comprar criaturas "exóticas" porque podemos gostar delas, ou por que elas são vendidas como adequadas para serem levadas para casa, muitas vezes não é uma coisa boa para os animais.

Que o homem explora e abusa de animais para sua conveniência econômica certamente não é uma novidade, mas toda vez que situações como a que estamos prestes a contar acontecerem, é necessário reiterar a oposição a certas práticas.

Em Calcutá, na Índia, um grupo de resgatistas, sob a orientação de autoridades de proteção de animais selvagens, recentemente resgatou mais de 550 pássaros protegidos que viviam em condições horríveis.

Estes eram pequenos periquitos, koel asiáticos e muitos outros, esmagados em gaiolas muito pequenas, tão pequenas que não permitiam que muitos deles sobrevivessem. Nove pessoas foram presas, responsáveis por maus-tratos.

Embora algumas dessas aves também possam viver em cativeiro, as condições em que os funcionários do Office of Wildlife Crime as encontraram não eram de todo aceitáveis. Após o resgate, as aves foram transferidas para centros de atendimento veterinário.

image: maxpixel.net

A agravar a situação, estava o fato de que os animais estavam esperando para serem vendidos como domésticos, apesar de serem membros de espécies protegidas. Eles teriam, portanto, acabado em lojas muito normais esperando para serem comprados, longe de seu habitat natural.

Fatos como este, infelizmente, representam pequenas gotas em um mar de animais maltratados em benefício dos traficantes. Manter conosco um espécime "particular" de origem duvidosa não é uma escolha acertada e, nesse sentido, é necessário que mais e mais pessoas se conscientizem.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado