Se você quer fazer o seu casamento durar, deixe de lado os conselhos de mamãe e papai - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Se você quer fazer o seu casamento…
As nozes: uma fruta seca que faz você emagrecer e protege o seu coração Esta cachorrinha foi enterrada na areia e abandonada ao próprio destino. O socorro chegou no último minuto

Se você quer fazer o seu casamento durar, deixe de lado os conselhos de mamãe e papai

Por Roberta Freitas
1.879
Advertisement

Mesmo que todos acabemos, mais cedo ou mais tarde, nos separando de nossa família de origem, permanecemos inevitavelmente ligados à família.

No entanto, como acontece com frequência na vida, os exageros não vão bem, e quando esse elo se traduz em "dependência", seja da mãe, pai ou irmãos, pode colocar em risco até as relações aparentemente mais fortes. A vida do casal tem seu equilíbrio a ser respeitado e, se outras pessoas começarem a se meter, o equilíbrio será perdido.

"Minha mãe diz que é melhor fazer isso..." , "Meu pai diz que esse trabalho não é para você..."

Quantas vezes você já se ouviu dizer tais frases? Esse tipo de sentenças e comparações são absolutamente prejudiciais para o parceiro e para o casal: é bom pensar duas vezes antes de pronunciá-las. Você pode se unir à sua família de origem desde que respeite a nova família que você criou.

O relacionamento deve ser a dois, sem terceiros, caso contrário, o parceiro acaba se sentindo diminuído e deixado de lado. Muitas vezes acontece de perceber o quanto o companheiro ou companheira sejam dependentes dos pais somente após o casamento. Como perceber isso antes? Seth Meyers, um psicólogo clínico do Departamento de Saúde Mental do Condado de Los Angeles, explica isso em alguns pontos.

image: Flickr
  • Eles se colocam em posições de vitimização e negam a responsabilidade por suas ações.
  • Eles não tomam decisões de forma independente, mesmo quando se trata de coisas de pouca importância.
  • Eles nunca dizem nada negativo sobre sua mãe ou pai, mesmo em face de provas. 
  • Eles estabelecem um relacionamento que parece um pouco com o que eles já têm com sua mãe, pai ou irmãos.

Por outro lado, até mesmo a família de origem deve conter essa dependência e não estimulá-la. Ela deve encorajar seu filho ou filha a "caminhar sozinho" e assumir a responsabilidade por suas escolhas.

Vamos cortar esse cordão!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado