Veja os cinco comportamentos que você deve adotar com uma criança que virou irmão mais velho - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Veja os cinco comportamentos que você…
Um garoto come por anos quase só batatinhas fritas e arrisca ficar totalmente cego Quando o sono vence: 20 cachorros que adormeceram nas posições mais estranhas

Veja os cinco comportamentos que você deve adotar com uma criança que virou irmão mais velho

947
Advertisement

Tornar-se um irmão ou irmã mais velha é uma experiência única e linda, mesmo que a gente não entenda isso quando somos pequenos. Os pais de hoje estão cada vez mais atentos ao irmão mais velho, para prepará-lo para receber o recém-chegado com o mínimo de perturbações possível.

No entanto, muitas vezes esse equilíbrio é quebrado devido a frases ou ações, devido à distração, superficialidade ou falta de tato em relação ao novo irmão mais velho. Aqui está o que fazer quando você visita um recém-nascido e a irmã ou irmão mais velho também está presente.

image: Unsplash

1) Pergunte a ele como está 

Todo mundo está curioso para ver o recém-nascido, para descobrir com quem se parece,  é fazer fotos para lembrar o momento. E nesse monte de atenções muitas vezes o filho mais velho é deixado de lado e se torna um mero espectador. Tente envolver a criança nas conversas e lembre-se de tirar uma foto com ela também e, acima de tudo, peça que ela lhe conte algo sobre si mesma.

2) Traga um presente para ele também

Muitas vezes, quem está visitando traz um presente para o bebê e o filho mais velho se depara com um monte de presentes que não são para ele. Pacotes e pacotes parecem chegar a granel e todos destinados a esta nova criatura.
O irmão ou irmã pode sofrer muito, então lembre-se desse pequeno mimo. Afinal, mesmo um pequeno presentinho será suficiente para fazê-lo se sentir importante.

3) Não o sobrecarregue com responsabilidade excessiva

Pare com todas essas frases como "agora você é o irmão mais velho, agora você tem que cuidar dele...".

A criança deve ter uma maneira de descobrir lentamente seu novo papel. Ele será capaz de ajudar a mãe e o pai um pouco de cada vez, de maneira a se sentir útil, mas não sobrecarregado de responsabilidade.

image: Unsplash

4) Não elogie excessivamente

Alguns, quase esperando consolá-lo, começam a elogiar excessivamente a criança mais velha, às vezes chegando ao ponto de falar mal do novo bebê "ele só chora, não sabe fazer nada". 

Mas essas sentenças aparentemente inocentes podem ser muito ruins para a futura relação entre irmãos, pois a criança, que sempre ouve esses tipos de sentença, ficará convencida da veracidade dessas afirmações.

5) O ciúme não é o mal absoluto

O ciúme de um irmão recém-nascido é um sentimento completamente natural. A criança terá que perceber um pouco de cada vez que essa nova chegada na família certamente não diminuirá o amor dos pais por ela. Por essas razões, é absolutamente contraproducente falar sobre seu ciúme na frente dele, enfatizando assim um sentimento que é normal. 

Tornar-se irmãos mais velhos é uma grande notícia. Mas lembre-se de permitir que a criança se adapte à nova situação. Somente dando-lhe tempo e confiança, o pequeno entenderá como é bom ter um irmão ou irmã e se tornará, em todos os aspectos, um excelente irmão mais velho

Advertisement
image: Unsplash
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado