Ela tem 103 anos e ganhou o ouro nos 100 metros: é a mulher mais velha a vencer uma corrida no seu país - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Ela tem 103 anos e ganhou o ouro nos…
Uma menina substitui a manteiga de cacau por um pedaço de queijo para poder comer durante a aula Est mulher pediu demissão para procurar seu cachorro perdido

Ela tem 103 anos e ganhou o ouro nos 100 metros: é a mulher mais velha a vencer uma corrida no seu país

6.470
Advertisement

Nunca é tarde para ter uma vida feliz e experimentar novas paixões, lembre-se disso. Essa bela avó de 103 anos, por exemplo, iniciou sua carreira atlética aos 100 anos, uma idade de grande respeito em que uma pessoa geralmente tem uma vida bastante sedentária. Julia Hawkins, apelidada de "Furacão", no entanto, não acredita que a idade seja um impedimento real e que na vida deve-se sempre tentar perseguir seus objetivos e sonhos. Na idade de 103 anos, Julia ganhou a medalha de ouro nas corridas de 50 e 100 metros: um resultado impressionante que deve inspirar muitos outros (ou não) idosos.

Durante os Jogos para Idosos de 2019 em Albuquerque, no Novo México, Julia ganhou a medalha de ouro nas duas competições em que participou, mas com um tempo um pouco menor do que o que havia gravado alguns anos antes, quando tinha "apenas" 100 anos. De acordo com a National Senior Games Association, a organização sem fins lucrativos que administra os Jogos Seniores, ela é a mulher mais velha que compete em solo americano. Nascida em 9 de fevereiro de 1916, Hawkins se formou na Louisiana State University e se casou com seu marido Murray Hawkins em Pearl Harbor em 1938.

Julia Hawkins começou a se interessar pelas corridas já tarde, quando andar de bicicleta em trilhas nas montanhas não era mais uma atividade viável para a mulher idosa. No entanto, Hawkins disse que não teve problemas com os joelhos ou articulações e, portanto, poderia continuar treinando.

O segredo de sua longevidade? Manter-se ativa, em movimento e com uma alimentação saudável. Sua principal atividade física é jardinagem em sua casa na Louisiana. A mulher afirma ter um hectare de terra em que sempre trabalha - ela tem 30 arbustos bonsai e alguns deles têm entre 40 e 50 anos.

Com sua grande força de vontade, a mulher espera ser uma fonte de inspiração para todos os idosos que precisam de um empurrão extra para se reativar. Como Julia argumenta, nunca devemos parar de nos mover e fazer as coisas que mais nos interessam.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado