Este homem entra na zona de guerra para salvar os gatos que as famílias que fugiram tiveram que abandonar - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Este homem entra na zona de guerra para…
Um verdadeiro homem faz com que o amor por uma mulher seja natural, quem a faz sofrer não é digno de estar com ela Se uma criança não sabe respeitar os pais e os avós, não saberá respeitar os outros: os psicólogos confirmam

Este homem entra na zona de guerra para salvar os gatos que as famílias que fugiram tiveram que abandonar

Por Roberta Freitas
1.913
Advertisement

Saber manter a humanidade, a solidariedade e o desejo de ajudar os outros, mesmo nas situações mais adversas e perigosas, é uma qualidade verdadeiramente preciosa, da qual nem todos são dotados.

Para algumas pessoas, o desejo de ajudar e salvar os outros é uma missão da vida real e, quando colocam em risco sua própria segurança para que isso aconteça, tornam-se verdadeiros heróis. A história do homem do qual estamos prestes a falar, e da associação que ele criou com sua força, demonstra plenamente que, às vezes, são exatamente os contextos mais severos e as mais amargas dificuldades que dão um enorme empurrão para o início de lindas histórias de muita dedicação.

Mohammad Alaa Aljaleel vive na Síria e trabalha em Kafr Nabl, uma das muitas cidades consideradas zonas de conflito, que nos últimos anos sofreu ataques aéreos devastadores e destruição devido à guerra civil. A vida em um local assim já não é nada simples, e fica ainda mais difícil se, como Aljaleel, uma pessoa decide ir às áreas mais afetadas por bombardeios todos os dias, onde os perigos estão sempre ao virar a esquina.

Alaa, conhecido como "o homem dos gatos em Aleppo", decidiu recuperar e resgatar os felinos abandonados pelas famílias que fugiram antes dos ataques. E de Alepo, com sua equipe de resgate, Mohammad foi a Kafr Nabl, reunindo todos os gatos que passeavam pelas ruas sozinhos ou em colônias e depois os transferiram para o Ernesto Sanctuary, o abrigo da associação criado em 2017 por ele mesmo, que se tornou conhecido em todo o mundo por seu trabalho de caridade.

Advertisement

Existem centenas de gatos resgatados pelo homem e outros voluntários e, graças ao cuidado e dedicação dessas pessoas, eles recebem comida, água e toda a atenção necessária para uma sobrevivência tranquila, todos os dias.

O perigo, no entanto, é constante, mas Mohammad e seus colegas, assim como todas as pessoas que vivem nessas áreas, estão fortalecidos e, infelizmente, acostumados com os conflitos. Alaa e outros estão mais determinados do que nunca a cumprir sua tarefa de resgatar animais indefesos contra os perigos do conflito. O trabalho é constante e nada simples, mas o objetivo do homem é continuar ajudando os bichanos.

Embora seu Ernesto Sanctuary tenha sido destruído por um bombardeio no final de 2017, Aljaleel retornou à Síria e retomou sua atividade. Além disso, é também graças aos pequenos gestos dessas pessoas, que ajudam na prática criaturas carentes, que você pode encontrar um pouco de confiança e talvez até um sorriso em situações em que tudo parece perdido.

Advertisement
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado