Ninguém cede o lugar no trem para este homem cego com seu cão-guia: ele foi obrigado a sentar no chão - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Ninguém cede o lugar no trem para este…
13 fotos de pais que não queriam um cachorro mas que acabaram se rendendo aos seus encantos 12 imagens potentes que nos lembram que devemos sempre agradecer pelas pequenas alegrias da vida

Ninguém cede o lugar no trem para este homem cego com seu cão-guia: ele foi obrigado a sentar no chão

Por Roberta Freitas
1.712
Advertisement

Uma vida sem visão é uma vida bastante limitada: quem é cego ou com visão parcial é geralmente um indivíduo frágil, sozinho, marginalizado pela mesma sociedade em que vive. Esses elementos, quando combinados com a idade avançada, se tornam um forte limite. Obviamente, também existem aqueles que têm forças para reagir e melhorar suas vidas graças a vários truques; se, para alguns, a vida se torna insustentável, para outros, continua sendo um desafio, como qualquer outro, a ser enfrentado diariamente. Para Roger Debman, um homem de 56 anos com deficiência visual, até mesmo usar o transporte público sem ajuda pode ser um desafio. Felizmente, Roger sempre é seguido por seu fiel cão-guia, Nevin, que nunca o deixa sozinho.

This is how Richard Branson transports registered blind people and guide dogs on his trains . Forced to sit on the...

Pubblicato da Roger Debman su Domenica 12 novembre 2017

Cada ônibus geralmente possui uma seção de assentos reservada para pessoas com deficiência, que têm o direito de sentar-se mais do que os outros. Infelizmente, a ignorância desenfreada não permite que todos usem o cérebro e, com muita frequência, acontece que pessoas distraídas e ignorantes ocupem esses lugares sem se preocupar com o que estão fazendo de errado com aqueles que mais precisam.

Roger havia reservado uma viagem de trem para ele e sua esposa, mas o serviço que ele recebeu quando embarcou foi, no mínimo, inadmissível: o homem teve que passar o longo caminho sentado no chão, depois de saber que os lugares estavam esgotados. Obviamente, o Sr. Roger deveria ter um lugar reservado para os deficientes, geralmente um pouco mais espaçoso que o normal, para poder sentar com seu cão-guia sem impedir a passagem das pessoas pelo corredor.

image: Deadline News

Além de ser cego, o homem teve dois ataques cardíacos, um derrame e tem um marcapasso cardíaco. Um tratamento verdadeiramente inaceitável, que destacou toda a ignorância das pessoas que preferiram ignorar essa situação. Ninguém se levantou para dar o seu lugar a Roger. "Eu não posso fazer o trabalho do controlador de trem, mas se alguém está sentado nos assentos reservados e uma pessoa com deficiência chega, você tem que dar o assento. Os passageiros me ignoraram", disse o homem desanimado, acrescentando também que evitou ficar com raiva, pois ele já sofreu dois ataques cardíacos, um acidente cardiovascular e usa um marcapasso.

Advertisement
image: Wikimedia

Esperamos que essas notícias possam atrair a atenção de todos para o que significa viver com uma deficiência.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado