A todos os papais que criaram crianças com amor, mesmo que não fossem os próprios filhos: obrigado de coração - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
A todos os papais que criaram crianças…
Um homem solteiro adotou um menino de 11 anos, demonstrando que uma família não se julga pela cor da pele Não pode existir dor maior para um pai do que perder o próprio filho

A todos os papais que criaram crianças com amor, mesmo que não fossem os próprios filhos: obrigado de coração

Por Roberta Freitas
3.039
Advertisement

Desempenhar o papel de pai não é uma tarefa simples, muito menos quando os filhos com quem você compartilhará o resto da vida não são sangue do seu sangue. Esse incrível ato de amor merece reconhecimento por sua pureza e pelo nível de amor que requer; quando um homem concorda em criar um filho que não é dele como se o fosse, ele dá o seu amor pelo prazer de doá-lo e não por obrigação.

Felizmente, para muitas crianças que foram abandonadas por pais biológicos muito negligentes ou que não queriam fazer o papel de pai, alguém especial chega na vida de suas mães, disposto a exceder as expectativas e se tornar pai, mesmo se a criança tiver um DNA diferente do seu. E, embora não exista um vínculo sanguíneo entre eles, às vezes o relacionamento que eles criam é incomparável.

Esse relacionamento cresce ao longo dos anos, junto os resultados e objetivos que seus filhos alcançam, com todos os gols marcados na partida de futebol com os amigos, com todos os dias dos pais comemorados juntos; para eles, esse novo "emprego" se torna seu passatempo favorito, e nada jamais acontecerá no mundo que possa distraí-los de cuidar desses verdadeiros filhos da alma.

image: Needpix

Portanto, essas palavras vão para todos aqueles que curaram a vida desses pequenos e de suas mães. Para todos aqueles que, embora não fosse uma sua responsabilidade, assumiram isso com todo o amor do mundo. Para aqueles que, aconteça o que aconteça, estão plenamente conscientes de que o sangue não é importante. Para aqueles que decidiram se tornar pais de maneira diferente.

Para esses pais que não têm nada a invejar aos pais biológicos, agradecemos e os abraçamos, celebrando-os todos os dias do ano pelo imenso amor que dão aos filhos adotivos.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado