Quando esta emergência acabar, não quero que tudo volte a ser como antes - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Quando esta emergência acabar, não…
O Coronavírus fecha todo o comércio, então este florista coloca as flores que não vendeu nos túmulos do cemitério da cidade Deveria ter te abraçado por mais tempo da última vez que nos vimos

Quando esta emergência acabar, não quero que tudo volte a ser como antes

Por Roberta Freitas
1.142
Advertisement

Quando tudo acabar, não quero que o mundo seja o que sempre foi. Depois que a pandemia global causada pelo Coronavírus finalmente acabar, acabando com a dor, o sofrimento e muitos sacrifícios, não quero que voltemos a viver da mesma maneira que antes. Essa situação horrível, a longo prazo, pode se transformar em uma oportunidade de refletir sobre nós mesmos, sobre o relacionamento que temos com as pessoas ao nosso redor, sobre o nosso futuro.

image: Needpix

Quero que este momento nos traga uma verdadeira revolução, dentro e fora de nós; é a hora de ficar em casa, junto com as pessoas que sempre amamos, com nossa amada família. Lá fora, a situação está piorando a cada dia, mas esse tempo indeterminado de reflexão é a oportunidade certa para adotar progressivamente uma notável mudança interna.

O futuro que o mundo reservará para nós quando a infecção pelo vírus letal terminar, ninguém sabe que formato e características terá; sabemos apenas que, sem dúvida, nada será como antes, e a própria estrutura da sociedade, economia e relações sociais terá um aspecto completamente novo para todos.

Exatamente porque não sabemos o que nos espera, é essencial para todos nós, neste momento difícil para a população de todo o mundo, revisar nossas prioridades, redescobrir aqueles gestos que antes eram aparentemente inofensivos ou inúteis e que agora têm muito valor; vamos nos abrir mais para os carinhos, para um beijo de nossos pais, para uma conversa a mais com nossos queridos avós, os mais frágeis nessa situação de quarentena muitas vezes forçada.

Vamos redescobrir a nós mesmos como seres humanos reais, com valores perdidos e depois redescobertos, com sentimentos anteriormente dormentes, agora reavivados novamente. Não, não quero que tudo volte ao que costumava ser antes disso tudo começar...

Tags: ÚteisPsicologia
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado