Um pai em dificuldade pede comida para as filhas e fica sem comer nada: não tinha dinheiro suficiente

por Roberta Freitas

23 Junho 2020

Um pai em dificuldade pede comida para as filhas e fica sem comer nada: não tinha dinheiro suficiente
Advertisement

Qualquer pai que se preze sabe que, mais cedo ou mais tarde, terá que sacrificar algo pessoal pelo bem-estar de seus filhos. Garantir que os pequenos sejam felizes, estejam protegidos e saudáveis, é algo muito normal para pais e mães, uma "lei não escrita" e universal.

Custe o que custar, essas atitudes sempre serão válidas e presentes, mesmo que as condições de vida dos pais de plantão não sejam as melhores. O pai sobre o qual falaremos está bem ciente disso, pois é um homem que, apesar de suas possibilidades limitadas, decidiu satisfazer as necessidades de suas filhas, deixando de lado as suas, mesmo quando se tratava de comer.

via ABS-CBN

Advertisement
Yaoyu Brancheau/Facebook

Yaoyu Brancheau/Facebook

A imagem é daquelas que permanecem gravadas na memória depois de um simples olhar. Estamos nas Filipinas e o pai em questão, magro e visivelmente provado pela miséria, está sentado em um restaurante de fast-food com suas filhas que comem frango frito. Uma cena completamente normal, exceto que o homem, pela falta de dinheiro, decidiu fazer as meninas comerem e não comer nada.

Advertisement
Gary Graefen/Facebook

Gary Graefen/Facebook

É isso mesmo: esse pai solteiro, que mais tarde também foi atingido por um derrame, cheio de amor e atenção por suas filhas, literalmente se privou de sua comida por elas. Assim, o homem deu ao mundo uma representação exemplar e autêntica do que significa ser altruísta, emocionando muitos usuários na web.

Depois que as fotos foram publicadas, mais detalhes surgiram sobre a história desse pai. O nome dele é Ryan Arebuabo, ele tem 38 anos e, após a doença, não conseguiu mais trabalhar. Separado da esposa, ele permaneceu com as filhas e vive com elas em uma cabana em Manila. Apesar dessas condições dramáticas, o homem nunca desistiu e continuou a ganhar a vida vendendo comida na rua para continuar mandando suas filhas de 6 e 8 anos para a escola.

Jhunnel Sarajan/Facebook

Jhunnel Sarajan/Facebook

Ao ganhar o estritamente necessário, Ryan tenta avançar todos os dias, mas nem sempre consegue satisfazer suas necessidades. Uma história, simplesmente emocionante, que lembra a todos o quão importante e maravilhoso é praticar a generosidade com os outros, mesmo nas piores condições.

Advertisement