Um homem compra a casa construída por seus antepassados ​​como escravos: sua vingança contra o racismo - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Um homem compra a casa construída por…
10 sinais que podem indicar que o seu relacionamento amoroso chegou ao fim Um garoto de 12 anos vê uma criança trancada no carro embaixo do sol: quebra o vidro e a salva

Um homem compra a casa construída por seus antepassados ​​como escravos: sua vingança contra o racismo

Por Roberta Freitas
44.122
Advertisement

Existem lugares que têm um significado e valor muito mais profundos do que o seu valor real. Para aqueles que os conhecem, se tornam verdadeiros símbolos do passado e de muitos momentos vividos ou histórias importantes, talvez relacionadas à sua família.

Robert Hartwell, um jovem ator gay e negro, decidiu contar ao mundo a sua "vingança" pessoal, um resgate realizado em nome de todas as pessoas que lutam - e lutaram - contra o racismo e homofobia. Como ele fez isso? Simplesmente comprando uma casa, que para ele é muito mais do que uma casa normal. É um símbolo.

Como ele disse em seu post publicado no Facebook, que rapidamente viajou pelo mundo, a elegante casa em questão foi construída em 1820 para a família Russell, que possuía uma fábrica de algodão na região. Obviamente, naqueles tempos a escravidão era completamente legal, e dezenas de escravos negros, que enfrentaram dificuldades e abusos horríveis em nome de uma suposta "inferioridade", foram responsáveis ​​pela construção da casa.

Robert, quando viu que a casa havia sido colocada à venda, sabia que seria dele. De fato, seus ancestrais haviam participado como escravos na construção da mesma, e comprá-la significaria fazer um gesto de vingança incrível contra todos os sofrimentos pelos quais eles passaram. Muito determinado, o jovem se tornou o dono da casa, mesmo que o próprio corretor de imóveis tivesse tido dúvidas sobre as possibilidades econômicas de Robert e tivesse tentado fazer com que ele desistisse da compra.

"Eu queria dizer aos meus ancestrais, aqueles que tanto sofreram para construir esta casa, que 200 anos depois, um homem gay, negro, a comprou para enchê-la de amor", escreveu Hartwell comentando sua "conquista". E só podemos concordar com ele, dada a importância que sua história assume à luz de todas as injustiças e episódios de violência, racismo e discriminação que infelizmente ainda continuam a acontecer no mundo. Desejamos que Robert sempre honre suas origens e sua identidade!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado