Descobre que maltrata seus colegas: a mãe o manda para a escola com uma camiseta que diz "eu sou um bully" - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Descobre que maltrata seus colegas:…
12 fotos celebram afetuosamente toda a beleza e importância de uma mãe Pede que mantenham a distância na praia do filho que tinha sido submetido a um transplante, mas é atacada:

Descobre que maltrata seus colegas: a mãe o manda para a escola com uma camiseta que diz "eu sou um bully"

Por Roberta Freitas
81.561
Advertisement

Os pais têm grande responsabilidade na educação de seus filhos e nenhum pai ou mãe gostaria de descobrir depois de anos de não ter sido capaz de educá-los bem. Existem muitas escolas de pensamento sobre como educar uma criança e imaginamos que cada uma delas tem seus prós e contras. Certamente, se problemas específicos são identificados desde tenra idade, talvez seja melhor consultar um especialista. Muitas vezes acontece que a opinião do médico conflita com a dos pais, como neste caso específico do Texas, nos Estados Unidos. Depois de descobrir que seu filho intimidava seus colegas de classe, uma mãe decidida quis tomar medidas sérias para ensinar uma lição a seu filho. Talvez ela tenha sido muito severa?

via: abc7

Ela tinha ouvido falar que seu filho estava fazendo bullying com seus colegas de classe, chamando outras crianças de "estúpidas" e "idiotas", e ele não queria mudar sua atitude: o bullying deve ser erradicado pela raiz e cada criança deve aprender a respeitar os outros e tratá-los com amor e bondade. Nesse ponto, é difícil discordar de Star, a jovem mãe de Splendora, no Texas: nenhum pai deseja um bully como filho. Mas o que você faz nesses casos para dar uma boa lição de vida ao seu filho? Star decidiu fazer com que seu garoto de 11 anos usasse uma camiseta que dissesse "eu sou um bully" durante um dia inteiro na escola. Mamãe também fotografou seu filho com aquela camiseta e publicou em um post no Facebook, não tanto para envergonhá-lo, mas para passar a mensagem aos pais de todas as crianças que sofreram bullying na escola.

A mãe recebeu muitos comentários negativos sobre como lidou com a situação, especialmente com relação à publicação de fotos nas redes sociais - uma espécie de palco público que talvez um garoto de 11 anos não mereça. Dr. Richard Pesikoff, psiquiatra infantil do Baylor College of Medicine, também disse que "não era uma boa idéia embaraçar a criança e consolidar uma identidade negativa em uma criança da escola primária". O médico acrescentou: "Você precisa encontrar alguém para ajudá-lo e acho que a escola pode ser um recurso". Os professores do Greenleaf Elementary, no entanto, parecem apoiar o castigo da mãe da criança, que afirmou que seu filho já aprendeu muito com seu erro e que já começou a tratar melhor seus primos.

O que você acha desse tipo de punição?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado