Um ursinho chega muito perto de uma casa: sua mãe o "repreende" e o leva embora - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Um ursinho chega muito perto de uma…
É mais fácil cuidar de um recém-nascido do que de uma criança de 2 anos: é o que sugere uma pedagoga 12 mulheres maduras que decidiram mudar o visual com uma maquiagem profissional

Um ursinho chega muito perto de uma casa: sua mãe o "repreende" e o leva embora

Por Roberta Freitas
580
Advertisement

Apesar das diferenças óbvias, tanto em forma quanto em substância, humanos e animais não são tão diferentes uns dos outros. Claro, os primeiros evoluíram o suficiente para conquistar o espaço mas, no fundo, todos os seres vivos obedecem às mesmas leis da natureza.

Observando em particular algumas atitudes da fauna, é possível redescobrir comportamentos perfeitamente reconhecíveis e universais. Aqui está uma história sobre como nós humanos podemos ser semelhantes aos nossos amigos animais.

Certa manhã, em meados de agosto, praticamente pouco antes do amanhecer, Sumer Walser Williams e seu marido foram acordados por ruídos vindos de fora de casa. Sua casa na Carolina do Norte está perto de um bosque, e as visitas de alguns de seus habitantes não são incomuns. Os dois acenderam as luzes em frente à entrada e notaram um filhote de urso marrom brincando na varanda. O pequeno não parecia nem um pouco assustado, mas bastante intrigado com este novo e misterioso lugar.

Depois de algum tempo, uma figura muito maior apareceu atrás dele. Era a mãe urso que, percebendo a fuga do bebê, prontamente chegou para resgatá-lo. A cena foi nada mais, nada menos que hilária.

A ursa se aproximou como se estivesse sussurrando algo para seu filho pequeno. Então ela o agarrou suavemente com a boca, mas com firmeza, e o levou para longe. O ursinho resistiu um pouco, como se estivesse se abandonando aos clássicos “caprichos” das crianças, mas acabou seguindo a mãe.

Esses momentos lembraram Sumer do que costuma acontecer com seus filhos. O instinto materno é algo que todas as criaturas têm em comum. O mesmo vale para a prudência e a educação que os pais procuram ensinar aos filhos.

A curta e engraçada sequência é certamente hilária, mas também mostra que nós humanos não somos os únicos que vivem e habitam esta terra. O respeito e a convivência são a base para podermos usufruir plenamente dos dons do mundo, nos deixando levar pela beleza de momentos únicos como esse.

Tags: AnimaisUrsosTêneros

https://youtu.be/XSQPEHS0pzY We had some visitors last night. We woke up to their pool party, bird seed snacking, and ~12 foot deck climbing. I think the cub wanted to come inside to hang out, but his momma wasn't in the mood to deal with his mischievousness at 4am. I thought the momma would come from around the walkway to find him, I never thought she'd scale our front deck. 😧 Lil' cub popped the girls' blowup pool and they didn't even bother to clean up their mess on their way out. Guess I should have gotten the fire pit going for them if I were a good host? 🤦 Happy Monday. ❤️😬 Mom's reaction in my head played out as "Let's go, I have told you a hundred times not to bother people while we're raiding their house for goodies. We have to be silent. I've told you this. Why can't you seem to listen? I had to climb 12 feet up a pole to rescue your little butt. Get off their deck now." 😂 https://youtu.be/XSQPEHS0pzY

Pubblicato da Sumer Walser Williams su Lunedì 10 agosto 2020
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado