Eles entregaram o filho para adoção, mas se casaram novamente 38 anos depois, conseguindo reunir toda a família de novo - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Eles entregaram o filho para adoção,…
Um cachorro surdo e com deficiência visual e sua dona se tornam melhores amigos: eles não se separam nem por um momento 12 cachorros tão pequenos que cabem em uma xícara de chá: são de uma doçura imensa

Eles entregaram o filho para adoção, mas se casaram novamente 38 anos depois, conseguindo reunir toda a família de novo

Por Roberta Freitas
605
Advertisement

As circunstâncias da vida são sempre imprevisíveis. Mesmo o passado, que normalmente deveria "permanecer no passado", muitas vezes volta mais forte do que nunca. Não se trata de ficar ancorado nas memórias, mas simplesmente do destino colocar as coisas de volta no lugar, retomar de onde parou. Isso mostra que o caminho pode ser uma linha reta ou um círculo e que essencialmente não há nenhuma regra.

via: Today

A história de Patrick Giblin começa em 1978, quando seus pais biológicos o deram para adoção. O casal a quem foi confiado estava muito apaixonado e os dois eram para ele a melhor família possível. Infelizmente, em 1989, sua mãe adotiva faleceu devido ao lúpus. Vários anos depois, um Patrick adulto também teve um filho. Essa experiência desencadeou algo nele, então ele decidiu encontrar seus pais biológicos.

Ele procurou a agência que cuidava dos procedimentos de adoção na época e fez uma descoberta maravilhosa: sua mãe biológica também esteve lá e tinha deixado seus dados para o caso de Patrick querer entrar em contato com ela.

Pouco depois, o homem já estava ao telefone com Stephanie Ripple, a mulher que o trouxera ao mundo. A história podia até acabar aqui, mas pode-se dizer que o melhor ainda estava por vir. Na verdade, Stephanie também tinha conseguido encontrar o pai biológico de Patrick, Todd. Eles se encontraram e perceberam que os sentimentos entre eles nunca haviam morrido. Quando deixaram Patrick em um orfanato, eram apenas adolescentes. As famílias de ambos eram muito religiosas e por isso foram forçados a agir dessa forma.

O que aconteceu a seguir é simplesmente o final mais bonito que se possa imaginar: os dois voltaram a namorar e acabaram se casando, 38 anos após o nascimento do filho.

Agora, junto com eles e seu pai adotivo, todos formam uma grande família feliz. Frequentemente, para seguir em frente, o único caminho certo passa pelo ponto de partida!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado