Duas crianças defendem as irmãs com síndrome de Down, depois que os vizinhos picharam as paredes de sua casa com palavras de ódio - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Duas crianças defendem as irmãs com…
Todos os dias este generoso cão leva uma cenoura como lanche para seu amigo cavalo Um entregador deixa 2 sofás na porta de uma casa: mãe e filho ficam presos por dois dias

Duas crianças defendem as irmãs com síndrome de Down, depois que os vizinhos picharam as paredes de sua casa com palavras de ódio

Por Roberta Freitas
632
Advertisement

Irmãos e irmãs podem sempre brigar ou se desentender durante a vida, mas o amor e a profunda afeição que sentem um pelo outro nunca morrem e nenhum evento pode mudar isso. Como os irmãos Hollis, que resolveram defender com todas as suas forças as duas irmãzinhas adotadas pela família quando, uma manhã, encontraram as paredes da casa pichadas com mensagens de ódio e discriminação.

Sim, porque a família Hollis, que mora em uma pequena cidade em Illinois, adotou recentemente duas irmãzinhas com síndrome de Down, mas um autor desconhecido espalhou mensagens de ódio e discriminação nas paredes externas de sua casa: "Fora da nossa cidade","Retardadas" e outros insultos.

Um fato gravíssimo que toda a família levou a sério, tanto que os dois filhos naturais, de 7 e 6 anos, não se contiveram e resolveram defender as duas irmãs adotivas com um vídeo comovente.

Em imagens postadas pelo canal Eveyone Matters no YouTube, os dois irmãos Hollis imploraram às pessoas que parassem de chamar crianças com síndrome de Down de "retardadas" e acabassem com todos os tipos de preconceitos; as palavras dos Hollis imediatamente alcançaram os usuários da web e assim o vídeo ultrapassou 1 milhão de visualizações.

Advertisement

As duas crianças queriam que os espectadores do vídeo fossem mais responsáveis ​​usando palavras de amor em vez de expressões de ódio. Os irmãos Hollis quiseram compartilhar amor, esperança e respeito, tanto por Meg e Alina (as duas irmãs adotivas), como por toda a comunidade. Os Hollis do vídeo querem deixar claro que suas irmãs não são "retardadas", mas são muito mais espertas do que se imagina...

O fato é que essas crianças de 7 e 6 anos deram uma verdadeira lição para quem só semeia ódio e discriminação, chegando até a pichar as paredes externas de uma casa onde residem o amor e a compreensão. Valores de vida que muito provavelmente, o autor anônimo daquele gesto mesquinho não conhece e nunca irá conhecer.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado